Triclosan precisa urgentemente ser monitorado, alertam cientistas

Triclosan precisa urgentemente ser monitorado, alertam cientistas
"É imperativo que se inclua essa substância nos programas de monitoramento de rotina em escala continental."
[Imagem: André Künzelmann/UFZ]

Produtos de higiene pessoal

É cada vez maior a preocupação internacional com o composto químico triclosan, usado mundialmente em produtos de limpeza e até em antibióticos usados para combater infecções pós-cirúrgicas.

Um estudo divulgado em Agosto passado demonstrou que o triclosan causa danos ao coração e aos músculos.

No Brasil, a água potável de 16 capitais está contaminada com diversos contaminantes emergentes, entre eles o triclosan.

O triclosan é um agente antibacteriano largamente usado em sabonetes, desodorantes, pastas de dentes, enxaguadores bucais, roupas, carpetes, brinquedos e até em sacos de lixo.

O problema é que os estudos mais recentes demonstram que o produto está longe de ser seguro para a saúde humana.

Ruim para o meio ambiente

Nesta quinta-feira foi divulgado um alerta por cientistas da Alemanha e da Eslováquia, que mostraram que o composto químico é uma das substâncias mais perigosas para a "saúde" de rios e lagos.

Os cientistas afirmam ser urgente que o triclosan passe a ser monitorado pelas autoridades de saúde, recebendo limites estritos para sua presença nas mais diversas situações.

O grupo demonstrou que as concentrações do composto nos rios superam em até 20 vezes a concentração máxima prevista para não ter efeitos danosos ao ambiente.

Por isso, a equipe liderada pelo Dr. Peter Carsten von der Ohe, do Instituto Helmholtz, afirma que "é imperativo que se inclua essa substância nos programas de monitoramento de rotina em escala continental".

Ruim para a saúde humana

Também nesta quinta-feira, a revista científica PNAS trouxe um artigo sobre o triclosan assinado por uma equipe liderada pelo Dr. Isaac Pessah, da Universidade da Califórnia (EUA).

O estudo documentou que o antibacteriano inibe as contrações musculares em nível celular.

Experimentos feitos em animais mostraram que o triclosan faz com que peixes nadem mais lentamente e camundongos percam a força muscular.

"O triclosan está nas casas de virtualmente todo o mundo e está por toda a parte no meio ambiente," disse o Dr. Pessah. "Essas descobertas mostram que o químico deve ser motivo de preocupações para a saúde tanto humana quanto do meio ambiente."


Ver mais notícias sobre os temas:

Contaminação

Higiene Pessoal

Poluição

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.