Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

31/08/2015

Você sabe o que é trombose venosa?

Com informações do INTO

Trombose venosa

A trombose é um evento grave marcado pelo entupimento de veias, ocorrendo geralmente depois de uma cirurgia, corte ou mesmo pela falta de movimento.

Um rastreamento feito pelo Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO) entre pacientes que haviam saído da internação pós-cirúrgica indica que cerca de 2% dos pacientes retornaram ao hospital em decorrência de trombose, o que coloca o evento como um dos principais efeitos colaterais danosos das cirurgias.

"Trombose venosa é um problema infelizmente frequente depois de cirurgias ortopédicas e oncológicas, em especial. Por isso, é fundamental que os pacientes cumpram a prescrição de medicamentos mesmo que seja por longos períodos", alerta o diretor do INTO, João Matheus Guimarães. "As orientações sobre a prática de exercícios também devem ser observadas todos os dias para agilizar ao máximo a recuperação pós-cirúrgica e evitar a doença".

Há também casos de associação entre a trombose e o uso de alguns anticoncepcionais.

Trombose pós-cirúrgica

Os pacientes submetidos a cirurgias de joelho, quadril e trauma (como fraturas) são os principais grupos de risco. Essas três subespecialidades cirúrgicas corresponderam a 80% dos casos de trombose verificados no ano passado em pacientes que retornaram ao hospital depois de operados.

A trombose que pode ocorrer após uma cirurgia ortopédica é geralmente localizada nas pernas, provocando entupimento da veia, causando dor e inchaço. Às vezes coágulos podem se soltar, viajando pelo sangue até "encalhar" no pulmão, ocasionando a embolia pulmonar. Essa condição, que provoca uma súbita falta de ar, pode ser bastante grave e exige atendimento imediato.

Vários sinais podem indicar o desenvolvimento de coágulos sanguíneos.

Sintomas da trombose

  • Uma dor diferente da dor da cirurgia.
  • Vermelhidão ao longo da perna (que aparece de repente ou inchaço que está piorando).
  • Inchaço na perna (que apareceu de repente ou inchaço que está piorando).
  • Aumento da temperatura (calor) da perna que está doendo.
  • Respiração curta e rápida e palpitações, podendo acontecer algum desmaio.
  • Tosse com sangue.
  • Dor no peito ou nas costas.

Prevenção da trombose

Pequenos cuidados podem prevenir tanto a trombose pós-cirurgia quanto a condição gerada por outras causas. É fundamental manter-se em movimento, fazendo atividades físicas rotineiramente, além da ingestão adequada de líquidos.

O que é trombose venosa?
Exercícios preventivos para evitar a trombose venosa. [Imagem: INTO]

Veja outras atitudes que ajudam a diminuir o risco de desenvolver uma trombose:

  • Evitar o aumento do peso corporal.
  • Movimentar-se ao máximo no dia, respeitando as limitações individuais.
  • Parar de fumar.
  • Ingerir líquidos de forma saudável.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sistema Circulatório

Cirurgias

Atividades Físicas

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Nanoestrelas matam bactérias sem desenvolver resistência

Ciência começa a entender eficácia da Medicina Chinesa contra o câncer

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento