Biologia e eletrônica juntam-se para monitorar células individuais

Bio-eletrônica

Pesquisadores dinamarqueses deram um passo na união entre a tecnologia e a biologia que, há poucos anos, pertencia ao reino da ficção científica.

Os cientistas combinaram materiais em nanoescala e tecnologias que são tradicionalmente usadas na fabricação de equipamentos eletrônicos com células vivas individuais.

A equipe da professora Karen Martinez, da Universidade de Copenhague, demonstrou que as células podem crescer e desempenhar suas funções quando colocadas sobre um tapete de minúsculas agulhas feitas de materiais semicondutores.

Cultura sobre nanofios

Esses chamados nanofios, que, postos lado a lado, se parecem mais com uma cama de faquir, na verdade não exigem nenhum sacrifício das células.

As células crescem e podem ser controladas e monitoradas com a ajuda dos nanofios, que funcionam como eletrodos, o que transforma o carpete de nanofios em um meio de cultura onde as células individuais podem ser controladas e monitoradas individualmente.

As nanoagulhas - ou nanofios - têm um diâmetro de aproximadamente 100 nanômetros - 10.000 vezes menores do que 1 milímetro - o que lhes permite tocar pontos individuais das células.

"[O nanocarpete] poderá ser usado pela indústria farmacêutica para testar novas drogas para uma grande variedade doenças, incluindo problemas neurológicos, câncer e doenças do coração," diz Martinez.

A pesquisadora acrescenta que a tecnologia deverá estar totalmente pronta para ser distribuída a outros laboratórios dentro de dois anos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Nanotecnologia

Equipamentos Médicos

Desenvolvimento de Medicamentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.