Fiocruz incluirá catapora em vacina tetravalente

Vacina tetraviral

A Bio-Manguinhos (Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos), ligada à Fiocruz, passará produzir no Brasil uma vacina contra a varicela.

A vacina contra esta enfermidade, popularmente mais conhecida como catapora, será combinado à vacina sarampo, caxumba e rubéola, chamada tríplice viral (TVV), que assim passará a ser uma vacina tetraviral (SCRV).

O desenvolvimento de uma vacina contra a varicela pela Bio-Manguinhos/Fiocruz permitirá a sua distribuição gratuita na rede pública e sua inserção no Calendário Básico de Vacinação.

A tecnologia será absorvida da empresa GlaxoSmithKline (GSK), que assinou acordo com a entidade brasileira.

Tetravalente

A nova vacina tetravalente - sarampo, caxumba e rubéola e catapora - entrará para o Programa Nacional de Imunização a partir de 2013.

A vacina contra catapora ainda não faz parte do Calendário Básico de Vacinação, logo, não está ainda disponível nos Centros Municipais de Saúde.

Na rede privada, o preço médio da dose chega aos R$ 150,00

Vacina contra varicela

A vacina contra a varicela foi desenvolvida no Japão no início dos anos 1970, mas apenas em meados da década de 1990 passou a ser mais amplamente utilizada nos países ocidentais.

Ela é produzida a partir do vírus varicela-zoster vivo, mas atenuado, e é altamente eficaz.

Uma única dose da vacina (via subcutânea, com uso de seringa) resulta em um nível de proteção de 97% em crianças de até 13 anos - sua administração é indicada a partir dos 12 meses de idade.

Resultados semelhantes são obtidos em pessoas maiores de 13 anos com a aplicação de duas doses da vacina. Além de apresentar um bom perfil de tolerância, raramente produz eventos adversos ou reações alérgicas.

Os ingredientes ativos da vacina trivalente aplicada hoje são os vírus vivos atenuados do sarampo (cepa Schwarz), da rubéola (cepa Wistar RA27/3) e da caxumba (cepa RIT 4385 derivada da cepa Jeryl-Lynn), produzidos em substratos celulares e células diploides.

Varicela, ou catapora

O risco de transmissão de varicela existe em qualquer lugar do mundo, especialmente nas áreas urbanas com grandes aglomerados populacionais e locais fechados.

É uma infecção altamente transmissível, que pode ocorrer em surtos, acometendo principalmente crianças, e pode estar associada a complicações como infecções de pele e doenças neurológicas.

A vacina sarampo, caxumba, rubéola e varicela (atenuada) [SCRV], oferece o benefício da imunização contra quatro importantes doenças na infância em apenas uma administração, ressaltando os benefícios das vacinas combinadas.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vacinas

Vírus

Prevenção

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.