Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

03/11/2011

Nova vacina mostra que é possível erradicar a meningite

Else Lie
Nova vacina mostra que é possível erradicar a meningite
O conceito de imunidade de grupo é que as partes não-vacinadas de uma população são protegidas indiretamente, uma vez que menos portadores significa uma pressão reduzida de infecção.[Imagem: Jon Shadid/UNICEF]

Esperança

Surtos de meningite têm atingido rapidamente proporções epidêmicas em vários países africanos, afetando dezenas de milhares de pessoas.

Agora, uma nova vacina parece finalmente capaz de erradicar completamente a doença.

"Os resultados da vacina são superiores a todas as nossas expectativas," diz Dominique Caugant, cientista-chefe do Instituto Norueguês de Saúde Pública.

Sorogrupo-A

O objetivo do projeto é eliminar a epidemia de meningite causada pela bactéria meningococo sorogrupo-A no chamado cinturão de alto risco da meningite: os países africanos ao sul do deserto do Saara, do Senegal, no oeste até a Etiópia, no leste.

O resultado é uma vacina nova e melhorada, batizada de MenAfriVac, que custa cerca de US$ 0,50 por dose.

"As vacinas existentes não têm sido boas o suficiente para prevenir a ocorrência de grandes epidemias na África," explica a professora Caugant. "Há vacinas melhoradas disponíveis, mas elas são muito caras para os países africanos."

Praticamente sem incidentes

Burkina Faso foi o primeiro país a receber a nova vacina. No curso de algumas semanas, toda a população com idade de um a 29 anos foi vacinada - quase 12 milhões de pessoas.

O número de pessoas que contraíram o sorogrupo-A da doença meningocócica varia de ano para ano, mas, segundo a professora Caugant, 1.000 casos no curso de uma semana não é incomum para Burkina Faso, e até 8.000 casos foram relatados em uma única semana.

"Seis meses após a introdução da vacina," diz ela, "apenas quatro casos do sorogrupo-A da doença meningocócica foram notificados - todos em indivíduos não vacinados."

A vacina também está sendo utilizada em vacinações em massa no Mali e no Níger.

Imunidade de grupo

"Os resultados preliminares sugerem que houve substancialmente menos portadores do sorogrupo-A após a campanha de vacinação, o que significa que a vacina fornece o que é chamado de imunidade de rebanho," diz a pesquisadora, referindo-se a um fenômeno também conhecido como imunidade de grupo.

O conceito de imunidade de grupo é que as partes não-vacinadas de uma população são protegidas indiretamente, uma vez que menos portadores significa uma pressão reduzida de infecção.

"Esta é uma informação extremamente importante para outros países, considerando a introdução da vacina," acrescenta Caugant.

Ela é uma das defensoras da criação de um programa de vacinação das crianças para garantir que a as futuras crianças da região também tenham imunidade.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vacinas

Saúde Pública

Sistema Imunológico

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?