Nova vacina mostra que é possível erradicar a meningite

Nova vacina mostra que é possível erradicar a meningite
O conceito de imunidade de grupo é que as partes não-vacinadas de uma população são protegidas indiretamente, uma vez que menos portadores significa uma pressão reduzida de infecção.
[Imagem: Jon Shadid/UNICEF]

Esperança

Surtos de meningite têm atingido rapidamente proporções epidêmicas em vários países africanos, afetando dezenas de milhares de pessoas.

Agora, uma nova vacina parece finalmente capaz de erradicar completamente a doença.

"Os resultados da vacina são superiores a todas as nossas expectativas," diz Dominique Caugant, cientista-chefe do Instituto Norueguês de Saúde Pública.

Sorogrupo-A

O objetivo do projeto é eliminar a epidemia de meningite causada pela bactéria meningococo sorogrupo-A no chamado cinturão de alto risco da meningite: os países africanos ao sul do deserto do Saara, do Senegal, no oeste até a Etiópia, no leste.

O resultado é uma vacina nova e melhorada, batizada de MenAfriVac, que custa cerca de US$ 0,50 por dose.

"As vacinas existentes não têm sido boas o suficiente para prevenir a ocorrência de grandes epidemias na África," explica a professora Caugant. "Há vacinas melhoradas disponíveis, mas elas são muito caras para os países africanos."

Praticamente sem incidentes

Burkina Faso foi o primeiro país a receber a nova vacina. No curso de algumas semanas, toda a população com idade de um a 29 anos foi vacinada - quase 12 milhões de pessoas.

O número de pessoas que contraíram o sorogrupo-A da doença meningocócica varia de ano para ano, mas, segundo a professora Caugant, 1.000 casos no curso de uma semana não é incomum para Burkina Faso, e até 8.000 casos foram relatados em uma única semana.

"Seis meses após a introdução da vacina," diz ela, "apenas quatro casos do sorogrupo-A da doença meningocócica foram notificados - todos em indivíduos não vacinados."

A vacina também está sendo utilizada em vacinações em massa no Mali e no Níger.

Imunidade de grupo

"Os resultados preliminares sugerem que houve substancialmente menos portadores do sorogrupo-A após a campanha de vacinação, o que significa que a vacina fornece o que é chamado de imunidade de rebanho," diz a pesquisadora, referindo-se a um fenômeno também conhecido como imunidade de grupo.

O conceito de imunidade de grupo é que as partes não-vacinadas de uma população são protegidas indiretamente, uma vez que menos portadores significa uma pressão reduzida de infecção.

"Esta é uma informação extremamente importante para outros países, considerando a introdução da vacina," acrescenta Caugant.

Ela é uma das defensoras da criação de um programa de vacinação das crianças para garantir que a as futuras crianças da região também tenham imunidade.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vacinas

Saúde Pública

Sistema Imunológico

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.