Vacina experimental contra dengue reduz casos pela metade

A empresa farmacêutica Sanofi Pasteur anunciou o resultado de um teste da vacina contra a dengue feito na Ásia.

O estudo mostrou redução de 56% nos casos de dengue em 12 áreas endêmicas na Indonésia, Malásia, Filipinas, Tailândia e Vietnã.

É o primeiro de dois testes da fase três, que visa fornecer dados sobre a eficácia da vacina em seres humanos, em diferentes ambientes epidemiológicos.

O segundo teste está sendo aplicado na América Latina - Brasil, Colômbia, Honduras, México e Porto Rico - e os resultados devem ser apresentados nos próximos dois meses.

Os testes na Ásia envolveram 10.275 mil crianças, de 2 a 14 anos. Na América Latina são mais de 20 mil pessoas de 2 a 16 anos. Entre 2011 e 2013, elas foram sorteadas para receber três doses da vacina ou um placebo, com intervalo de seis meses entre cada dose.

"O grupo vacinado teve menos da metade de casos e a incidência de dengue nas pessoas que não foram vacinadas foi muito mais alta do que a agente imaginava, 4,7%, uma incidência altíssima," disse a porta-voz da empresa.

Se for aprovada pelas autoridades reguladoras, a vacina possivelmente será aplicada em três doses, para proteger contra os quatro tipos de dengue, segundo a médica.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vacinas

Epidemias

Prevenção

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.