Vacina experimental apresenta boa proteção contra dengue hemorrágica

Uma nova avaliação de uma vacina experimental contra a dengue, ainda em desenvolvimento, mostrou alguns resultados animadores.

Apesar de alcançar uma proteção geral de modestos 56,5%, a vacina apresentou bons resultados contra o tipo hemorrágico da doença, o mais grave.

A proteção foi de apenas 35% contra o sorotipo 2 da dengue, 50% contra o tipo 1 e 75% contra os tipos 3 e 4.

Contudo, para os voluntários que já haviam sido expostos ao vírus, ou seja, já haviam contraído dengue antes, a vacina ofereceu uma proteção de 88,5% contra o tipo hemorrágico da doença.

Esses resultados, mostrando uma redução dos casos de dengue pela metade, haviam sido antecipados em março deste ano pelo laboratório Sanofi Pasteur, que está desenvolvendo a vacina, mas agora eles foram publicados em uma revista científica (Lancet).

Os resultados tiveram com base dados de um teste clínico realizado em cinco países da Ásia, envolvendo mais de 10 mil crianças entre 2 e 14 anos.

Uma eventual análise da vacina pelas autoridades de saúde brasileiras deverá aguardar um teste similar que está sendo feito em países da América Latina, inclusive no Brasil, e que deverá ser divulgado pelo laboratório até o final deste ano.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vacinas

Epidemias

Infecções

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.