Butantan começará a testar vacina tetravalente contra dengue

Vacina tetravalente

O Instituto Butantan vai iniciar até junho os ensaios clínicos da vacina contra dengue em humanos.

O estudo, feito em parceria com o Centro de Pesquisas Clínicas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), avaliará a segurança e a imunogenicidade da vacina - a capacidade que uma substância tem de induzir uma reação de defesa do organismo contra determinada doença.

A nova vacina é tetravalente pois atua sobre os quatro tipos de vírus da dengue após a administração de apenas uma dose.

A estimativa do instituto é que a vacina esteja disponível para a população em três anos.

Testes clínicos

Para os testes clínicos serão recrutados, a partir de abril, 300 voluntários de 18 e 50 anos de idade.

Segundo o Butantan, os resultados dos testes de segurança serão obtidos logo no primeiro ano de análise, mas todos os voluntários serão acompanhados por um período de cinco anos após a vacinação.

"Esse é um passo muito importante para a saúde pública e para a ciência, representando um avanço significativo na prevenção da dengue. A vacina já se mostrou segura e imunogênica em estudos anteriores e esperamos obter o mesmo sucesso nessa nova etapa", avaliou Alexander Precioso, diretor médico de Ensaios Clínicos do Instituto Butantan.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vacinas

Infecções

Desenvolvimento de Medicamentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.