Vacinação contra meningite B começará em 2015

O Brasil deve começar em 2015 a vacinação contra a meningite do tipo B, de acordo com expectativa da presidente da Comissão de Revisão de Calendários da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Isabella Ballalai.

Ela explicou que a doença meningocócica é a causa mais comum de meningite bacteriana no Brasil, que "tradicionalmente é um campeão neste tipo de enfermidade na América Latina".

Os estados do Rio de Janeiro e São Paulo são os que registram as maiores incidências da meningite B. Dados do Ministério Saúde registram 1,54 episódio para cada grupo de 100 mil habitantes em 2013.

Segundo Isabella Ballalai, até 2010 o meningococo [bactéria causadora da doença] do tipo C era responsável por 80% de meningites no país. A partir daí, com a vacinação em crianças com menos de 2 anos, determinada pelo Ministério da Saúde, os casos diminuíram, embora o vírus ainda circulasse em maiores de 4 ou 5 anos de idade, nos adolescentes e nos adultos.

A médica acrescentou que, para a faixa com imunidade, o vilão passou a ser o meningococo do tipo B.

"Era o inimigo número dois e passou a ser o primeiro causador da doença meningocócica. Então, a vacina do tipo B, junto com as que já existem nos tipos A, C, W e Y é a expectativa de prevenir os tipos de doença meningocócica que circulam entre nós. A gente espera ter esta vacina em 2015", revelou Isabella.

Segundo a SBIm, a meningite tem tratamento específico, mas, apesar disso, uma em cada grupo de cinco pessoas infectadas não resiste à doença. Entre os que sobrevivem, de 10% a 20% têm sequelas neurológicas, e outros ainda podem ser acometidas com problemas de surdez ou mesmo casos de amputação de membros.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vacinas

Neurociências

Cérebro

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.