Válvula do coração é substituída por cirurgia endoscópica

Válvula do coração é substituída por cirurgia endoscópica
Aspecto do peito de um dos pacientes submetido à substituição da valva aórtica totalmente endoscópica.
[Imagem: American Association for Thoracic Surgery]

Cirurgiões franceses substituíram com sucesso a válvula aórtica de dois pacientes sem abrir o peito durante a cirurgia.

O procedimento é baseado em uma técnica inovadora, chamada TEAVR, sigla de totally endoscopic aortic valve replacement ou substituição da válvula aórtica totalmente endoscópica.

A expectativa é que a cirurgia cardíaca menos invasiva melhore a qualidade de vida dos pacientes, diminuindo o trauma torácico significativamente e reduzindo os riscos cirúrgicos.

A cirurgia endoscópica já é utilizada pelos cirurgiões cardiovasculares para procedimentos como a reparação de defeitos do septo atrial e a cirurgia de revascularização miocárdica. Além de menos dor, o tempo de recuperação é menor, o que melhora a qualidade de vida dos pacientes.

A TEAVR não era ainda factível por causa do projeto das válvulas de tecido com stent disponíveis.

Agora, os cirurgiões já podem contar com biopróteses sem sutura montadas em um stent compressível e auto-expansível de nitinol, uma liga de níquel e titânio.

A cirurgia para implantação da válvula dura menos de 45 minutos em qualquer paciente, mas os médicos esperam reduzir esse tempo com a melhoria do projeto dos implantes.

"Estes primeiros procedimentos mostram que a substituição da válvula aórtica sem sutura totalmente endoscópica é tecnicamente viável. Novos experimentos clínicos e desenvolvimentos técnicos serão necessários para reduzir o tempo da cirurgia e garantir os potenciais benefícios pós-operatórios da TEAVR," disse o Dr. Marco Vola, da Universidade de Saint-Etienne (França).

Os implantes sem sutura ainda não estão disponíveis para as outras válvulas cardíacas, como a válvula mitral.


Ver mais notícias sobre os temas:

Cirurgias

Coração

Implantes

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.