A Vingança dos Nerds: mulheres valorizam inteligência e criatividade

Atração entre sexos

As mulheres valorizam a inteligência e a criatividade nos homens, independentemente de sua aparência. Esta é a conclusão do mais sofisticado estudo já feito até hoje sobre o que tornam homens e mulheres atrativos para o sexo oposto.

A pesquisa foi coordenada por Mark Prokosch, adepto da chamada Escola Evolutiva da Psicologia, da Universidade Elon (Estados Unidos) e acaba de ser publicada no periódico científico Evolution and Human Behavior.

Medindo inteligência e criatividade

A primeira etapa da pesquisa consistiu em mensurar a inteligência e a criatividade dos participantes. Eles foram submetidos a um teste chamado Escala Wechsler de Inteligência de Adultos.

Eles foram filmados em cenários projetados para revelar a inteligência e a criatividade. Cada um dos 15 homens, com idade média de 19 anos, teve que ler manchetes de agências de notícias e responder a diversas questões abertas como, por exemplo, como eles achavam que a descoberta de vida em Marte poderia afetar sua própria perspectiva da vida na Terra e por que eles achavam que poderiam ser um bom parceiro.

Segundo os pesquisadores, lidar com textos não familiares e responder perguntas inesperadas são tarefas que dão boas dicas sobre a inteligência e a criatividade de uma pessoa.

Namoro ou amizade?

A seguir, os vídeos dos 16 homens foram apresentados a 204 mulheres de idade semelhante. Cada uma delas teve que dar notas a cada um dos participantes, em critérios como inteligência, criatividade, atração de maneira geral, atração para relacionamentos de curto e de longo prazo e fidelidade provável.

Como esperado, a atratividade física teve o maior impacto sobre o julgamento das mulheres, sendo responsável por quase 40% da atração pelo homem como um potencial parceiro de longo prazo.

Além das aparências

Mas, quando os pesquisadores eliminaram o efeito do visual, eles descobriram que a inteligência e a criatividade de um homem contribuem de maneira significativa para que uma mulher o deseje como um parceiro de longo prazo.

Com o enfoque tradicional da psicologia evolucionista, Prokosch sugere que a tendência se deve ao fato de que as mulheres vêem em um parceiro criativo e inteligente um elemento importante para fornecer melhores genes para os filhos e serem mais eficientes no provimento dos recursos materiais.

Sobre a importância do aspecto físico, Prokosch afirma que as mulheres querem o melhor de dois mundos: "Não apenas um homem fisicamente atrativo, mas alguém que possa garantir seu futuro no longo prazo."

Crítica

O rigor e a qualidade da pesquisa não deixam dúvidas quanto à importância de se considerar elementos além da aparência que são levados em conta na escolha dos parceiros.

Contudo, as explicações clássicas da psicologia evolucionária não parecem conseguir superar os questionamentos mais básicos e acabam desvalorizando as conclusões da pesquisa.

Será que mulheres de 19 anos concordariam que escolhem seus namorados já pensando em casamento? Mais do que isso, estariam elas já pensando nos genes dos futuros filhos?

Será que mulheres de 19 anos concordariam que buscam um homem para lhes sustentar de maneira segura por toda a vida? Não seria mais realista propor que elas vivem em um mundo no qual mulheres e homens têm direitos e deveres iguais e são igualmente responsáveis pela vida futura a dois?


Ver mais notícias sobre os temas:

Relacionamentos

Sentimentos

Sexualidade

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.