Por que o vírus do sarampo é tão contagioso?

Nectina

Uma equipe internacional de cientistas revelou pela primeira vez como o vírus do sarampo deixa o corpo de uma pessoa para contaminar outra.

Eles identificaram um receptor fundamental, localizado na traqueia, que permite que o vírus se espalhe pelo ar rapidamente, passando de um indivíduo para outro.

O receptor, conhecido como Nectina-4, também é um biomarcador para alguns tipos de câncer.

Localização privilegiada

A descoberta, publicada pela revista Nature, explica porque o vírus do sarampo se espalha tão rapidamente.

Os vírus geralmente usam células receptoras para iniciar a infecção e se espalhar pelo organismo.

Isto também ocorre com o vírus do sarampo, que infecta células do sistema imunológico nos pulmões, sua porta de entrada para infectar todo o corpo.

Este novo estudo mostra pela primeira vez que o vírus do sarampo usa também o receptor Nectina-4 para "deixar" seu hospedeiro.

A Nectina-4 fica localizada na traqueia, o local "ideal" para que o vírus possa prosseguir com seu contágio pelo ar.

Virulência do sarampo

O vírus do sarampo é um dos mais contagiosos que se conhece, muito mais do que outros vírus também transmitidos pelo ar.

Essa virulência tem sido usada para explicar porque o sarampo escapa da erradicação, apesar de campanhas mundiais de vacinação contra a doença.

O Brasil recentemente solicitou a declaração de área livre do sarampo, mas continua tendo casos importados da doença.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vírus

Bactérias

Epidemias

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.