Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

04/08/2015

Vitamina B3 pode ter origem extraterrestre

Redação do Diário da Saúde
Vitamina B3 pode ter origem extraterrestre
Placa de alumínio onde os experimentos reproduziram as condições dos gelos de água de dióxido de carbono no espaço. [Imagem: Karen Smith/NASA Goddard]

Vitamina extraterrestre

Experimentos envolvendo a vitamina B3, feitos por uma equipe de pesquisadores da NASA, dão suporte à teoria de que o surgimento da vida pode ter sido ajudado por um fornecimento de "moléculas biologicamente importantes produzidas no espaço e trazidas para a Terra por cometas e meteoros".

Há décadas veiculam-se hipóteses associando fenômenos cósmicos - especialmente a passagem de cometas próximos à Terra - com a chegada de doenças e vírus. Ao menos o mecanismo com que isto poderia acontecer está sendo aos poucos validado pelos astrobiólogos, os cientistas que estudam o surgimento da vida no cosmos.

O novo trabalho é um complemento das pesquisas anteriores da mesma equipe, que já haviam revelado que a vitamina B3 está presente em "meteoritos ricos em carbono em concentrações que variam entre cerca de 30 e 600 partes por bilhão".

Neste novo trabalho, a equipe realizou experimentos que mostraram que a vitamina B3, que é encontrada em alimentos tais como peixes, amendoim e sementes de girassol, pode ser produzida a partir de uma molécula orgânica, chamada piridina, no interior de gelo de dióxido de carbono em condições que simulam o ambiente no espaço.

Vida a bordo de meteoritos e cometas

Indo além, e adicionando gelo de água à mistura, em quantidades próximas à que se espera encontrar nos gelos interestelares e nos cometas, a equipe demonstrou que, mesmo com a adição de água, a vitamina B3 pode ser produzida em uma ampla variedade de cenários - por exemplo, com a abundância de gelo de água variando em até dez vezes.

"Este resultado sugere que estes importantes compostos orgânicos em meteoritos podem ter-se originado de gelos moleculares simples no espaço. Esse tipo de química pode também ser relevante para os cometas, que contêm grandes quantidades de água e dióxido de carbono congelados. Estes experimentos mostram que a vitamina B3 e outros compostos orgânicos complexos poderiam ser feitos no espaço, e é plausível que os impactos de meteoritos e cometas poderiam ter acrescentado um componente extraterrestre para o fornecimento de vitamina B3 na Terra primordial," disse Karen Smith, do Centro de Voos Espaciais Goddard, da NASA.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vitaminas

Qualidade de Vida

Medicamentos Naturais

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Nanoestrelas matam bactérias sem desenvolver resistência

Ciência começa a entender eficácia da Medicina Chinesa contra o câncer

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento