Você prefere ser sapo grande em lago pequeno ou sapo pequeno em lago grande?

Você prefere ser sapo grande em lago pequeno ou sapo pequeno em lago grande?
Ao escolher sua "lagoa", o que é mais importante, você ou a lagoa?
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Sapos, jacarés e lagartixas

O que você preferiria: Ser um estudante estrela em uma universidade menos conhecida - entre, digamos, as 100 Melhores do Mundo - ou um aluno regular em uma escola prestigiada - entre as Top 10?

E se sua preocupação já é com o emprego, o que você preferiria? Uma vaga em uma empresa classificada entre as 10 melhores do mundo, aonde você talvez ficasse na média entre os funcionários, ou uma vaga em uma empresa lá pelo centésimo lugar do ranking, mas onde você poderia se destacar?

Através de uma série de entrevistas e testes, mais de 600 adultos dos Estados Unidos e da China foram questionados sobre essas preferências em relação à educação e ao mercado de trabalho.

Para servir de balizamento para sua própria resposta, fique sabendo que os norte-americanos são mais propensos a escolher ser "sapo grande em um lago pequeno" do que "sapo pequeno em um lago grande". Já os chineses mostraram a tendência oposta.

Diferenças culturais

Para Kaidi Wu e seus colegas da Universidade de Michigan (EUA), os resultados mostram que a preferência entre o que ele chama de "ser rabo de jacaré ou cabeça de lagartixa" é moldada pela educação cultural.

Os chineses se demonstraram significativamente mais propensos (58%) do que os norte-americanos (29%) a escolher a faculdade Top 10, mesmo ao custo de apresentarem um desempenho acadêmico abaixo da média entre seus colegas. Nos negócios, os chineses (27%) optaram mais frequentemente por trabalhar em uma empresa Top 10 global do que os norte-americanos (14%).

"Apesar de ambas as culturas reconhecerem as vantagens de ser 'a cabeça da lagartixa' ou o 'sapo grande em um pequeno lago', a maior diferença na hora de escolher a lagoa grande foi motivada pelo que era considerado apropriado culturalmente," disse Kaidi.

O pesquisador acredita que, embora não exista uma resposta certa para a questão, há um raciocínio por trás da escolha do lago grande nas culturas que valorizam o prestígio e o status social, e a necessidade e desejo relativamente menores de estar nesta posição em culturas como a dos EUA.

Exceção para professores

Mas o grande lago também se mostrou uma escolha preferível nos EUA quando o foco eram as carreiras acadêmicas.

"As dez principais universidades norte-americanas geram, surpreendentemente, três vezes mais professores do que as Top 20. Se você quer ter um grande futuro acadêmico, vá para o lago grande na hora de fazer sua pós-graduação e faça o seu melhor para ser tornar um sapo grande lá," disse Kaidi.

Os resultados foram publicados na revista Social Psychological and Personality Science.


Ver mais notícias sobre os temas:

Comportamento

Educação

Trabalho e Emprego

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.