18/05/2021

Cor da bebida faz atletas correrem mais rápido e mais longe

Redação do Diário da Saúde
Cor da bebida faz atletas correrem mais rápido e mais longe
O efeito é consistente com o verificado nos alimentos sólidos, onde olhar para a comida antes de sentir seu cheiro melhora a avaliação do sabor.
[Imagem: USF/Divulgação]

Efeitos da bebida cor-de-rosa

Você se arriscaria a dizer que a mera mudança da cor de uma bebida - mantidos todos os seus componentes básicos - pode influenciar seu efeito a tal ponto que pode fazer um atleta melhorar seu rendimento?

Pois foi justamente essa a conclusão do professor Daniel Brown e seus colegas da Universidade de Westminster (Reino Unido).

Quando uma bebida incolor recebeu um corante cor-de-rosa, ela fez com que os atletas que a ingeriram corressem mais rápido e por uma distância maior - em comparação com os mesmos atletas tomando a mesma bebida transparente, sem o corante.

Além disso, os voluntários ainda disseram que, com a bebida cor-de-rosa, haviam se sentido melhor durante os exercícios.

Segundo a equipe, essa descoberta curiosa abre um novo caminho para o campo das bebidas esportivas e dos exercícios e treinamentos físicos.

A cor que engana mente e corpo

Durante o estudo, os voluntários corriam em uma esteira por 30 minutos, com uma velocidade mínima pré-selecionada, para garantir que sua taxa de esforço permanecesse consistente. Ao longo do exercício, eles tomavam uma bebida rosa adoçada artificialmente com poucas calorias, ou uma bebida transparente, também adoçada artificialmente e com poucas calorias.

Na verdade, as duas bebidas eram exatamente iguais, diferindo apenas na aparência - os pesquisadores adicionaram corante alimentar à bebida transparente para mudar sua cor.

Eles escolheram o rosa porque vários experimentos mostraram que as pessoas percebem as bebidas rosa como mais doces - neste caso, isso resultaria em um aumento das expectativas de ingestão de açúcar e carboidratos, que os atletas gostam de tomar durante os treinos.

Os resultados mostraram que os participantes correram em média 212 metros mais longe com a bebida rosa, enquanto sua velocidade média durante o teste de exercício também aumentou em 4,4 por cento. A sensação de prazer igualmente aumentou, o que significa que os participantes acharam a corrida mais agradável.

"O papel da cor na gastronomia tem recebido amplo interesse, com pesquisas publicadas sobre como pistas visuais ou as cores podem afetar a percepção subsequente do sabor ao comer e beber.

"Os resultados do nosso estudo combinam a arte da gastronomia com a nutrição de desempenho, já que adicionar um corante rosa a uma solução adoçada artificialmente não só aumentou a percepção de doçura, mas também aumentou a sensação de prazer, a velocidade de corrida e a distância percorrida," resumiu o Dr. Sanjoy Deb, coordenador da pesquisa.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Mouth Rinsing With a Pink Non-caloric, Artificially-Sweetened Solution Improves Self-Paced Running Performance and Feelings of Pleasure in Habitually Active Individuals
Autores: Daniel R. Brown, Francesca Cappozzo, Dakota De Roeck, Mohammed Gulrez Zariwala, Sanjoy K. Deb
Publicação: Frontiers in Nutrition
DOI: 10.3389/fnut.2021.678105
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Atividades Físicas

Alimentação e Nutrição

Concentração

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.