15/10/2021

Descoberto tratamento para tipo mais agressivo do câncer de mama

Redação do Diário da Saúde
Descoberto tratamento para tipo mais agressivo do câncer de mama
O tratamento neoadjuvante com retinoides pode promover a conversão de células cancerosas mesenquimais, altamente agressivas, em células cancerosas epiteliais, menos agressivas no câncer de mama.
[Imagem: National Cancer Centre Singapore]

Câncer de mama triplo-negativo

Uma equipe de médicos e cientistas do Centro Nacional do Câncer de Cingapura identificou um novo método para tratar o câncer de mama triplo-negativo (CMTN).

O câncer de mama triplo-negativo é mais agressivo do que outros tipos de câncer de mama, com poucas opções de tratamento e um prognóstico ruim. O CMTN tipicamente apresenta resultados negativos para receptor de estrogênio (RE), receptor de progesterona (RP) e receptor-2 do fator de crescimento epitelial humano (RFCE2), daí a referência a "triplo-negativo" em seu nome.

Os tratamentos desenvolvidos até agora, direcionados a RE, RP e RFCE2, não são eficazes. Por esse motivo, a quimioterapia ainda é o tratamento padrão básico, apesar dos resultados ruins para as pacientes.

Ser Yue Loo e seus colegas descobriram agora que as células cancerosas mudam entre diferentes estados celulares, incluindo mudar de menos agressivas (epiteliais) para mais agressivas (mesenquimais) e vice-versa.

Ao converter células cancerosas altamente agressivas para o formato menos agressivas, os tumores são "preparados" para responder melhor à quimioterapia, que funciona eliminando as células cancerosas.

Este processo biológico é denominado transição mesenquimal-epitelial, e a equipe usou um medicamento antineoplásico chamado bexaroteno para facilitar esse processo no trabalho pré-clínico do câncer de mama, antes da aplicação da quimioterapia.

Bexaroteno

A equipe já anunciou o início de um ensaio clínico humano, com previsão de duração de três anos, para investigar se esta abordagem funciona fora do ambiente de laboratório. O ensaio chama-se BEXMET, sigla em inglês para transição mesenquimal-epitelial induzida por bexaroteno.

O bexaroteno, vendido sob a marca Targretin, é um agente aprovado nos EUA e na Europa para o tratamento de linfoma cutâneo de células T.

"As descobertas laboratoriais publicadas em um jornal científico nem sempre se traduzem no ambiente clínico por várias razões. Para nosso estudo, existe uma versão de grau clínico do indutor de transição mesenquimal-epitelial (bexaroteno), o que facilitou significativamente a tradução direta para o cenário clínico. Esperamos que os resultados do BEXMET sejam o primeiro passo na introdução de um novo conceito no tratamento do câncer," disse a Dra. Elaine Lim, coordenadora do estudo.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Fatty acid oxidation is a druggable gateway regulating cellular plasticity for driving metastasis in breast cancer
Autores: Ser Yue Loo, Li Ping Toh, William Haowei Xie, Elina Pathak, Wilson Tan, Siming Ma, May Yin Lee, S Shatishwaran, Joanna Zhen Zhen Yeo, Ju Yuan, Yin Ying Ho, Esther Kai Lay Peh, Magendran Muniandy, Federico Torta, Jack Chan, Tira J Tan, Yirong Sim, Veronique Tan, Benita Tan, Preetha Madhukumar, Wei Sean Yong, Kong Wee Ong, Chow Yin Wong, Puay Hoon Tan, Yoon Sim Yap, Lih-Wen Deng, Rebecca Dent, Roger Foo, Markus R Wenk, Soo Chin Lee, Ying Swan Ho, Elaine Hsuen Lim, Wai Leong Tam
Publicação: Science Advances
Vol.: 7 : eabh2443
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Câncer

Saúde da Mulher

Desenvolvimento de Medicamentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.