Desvendado segredo do efeito calmante de planta medicinal

Desvendado segredo do efeito calmante de planta medicinal
A raiz de cobra é conhecida por seus efeitos calmantes, mas também já é fonte de uma série de substâncias usadas pela medicina ocidental.
[Imagem: John Innes Centre]

Esqueleto de sarpagina

Cientistas desvendaram mais um dos muitos segredos químicos de uma planta usada ao longo da história por seus efeitos calmantes.

A descoberta envolve uma planta conhecida como serpente indiana, raiz de cobra ou pimenta do diabo (Rauwolfia serpentina), que tem sido usada há milênios no sul e no sudeste asiático como tranquilizante.

"Graças aos novos avanços nas abordagens de bioinformática e química biológica, fomos capazes de identificar o gene perdido que codifica a enzima [responsável por seus efeitos calmantes] entre milhares de outros genes da planta," disse o professor Thu Thuy Dang, do Centro de Pesquisas John Innes (EUA).

A enzima chama-se ponte de sarpagina, ou esqueleto de sarpagina, e é responsável por catalisar a complexa química que gera os efeitos da planta.

A equipe espera que o conhecimento das redes genéticas por trás dessa enzima possa ajudar a desenvolver rotas mais rápidas também para tratamentos de ritmos cardíacos anormais, pressão alta e alguns distúrbios mentais.

Os experimentos revelaram ainda que a enzima tem um mecanismo adaptável que permite que ela seja usada para criar um grande leque de produtos químicos estruturalmente diversos.

"A descoberta da enzima ponte de sarpagina, juntamente com outras enzimas geradoras de blocos estruturais, fornecerá as partes necessárias para a montagem e engenharia de vias metabólicas em organismos como levedura ou plantas de tabaco para a produção em massa de compostos farmaceuticamente importantes. Estamos atualmente colaborando com especialistas em biologia sintética e engenharia de leveduras para levar isso adiante," disse a professora Sarah O'Connor, membro da equipe.

Raiz de cobra

A raiz de cobra indiana é uma das 50 ervas fundamentais usadas na medicina tradicional chinesa, onde tem o nome de shégen mù or yìndù shémù.

Na medicina ocidental, a planta já é fonte de aproximadamente 150 substâncias - alcaloides indólicos monoterpênicos - como a reserpina, a ioimbina e a raubasina.

Um dos alcaloides mais conhecidos da raiz de cobra é a ajmalina, um agente usado contra arritmias cardíacas, muito usada no tratamento de pacientes com síndrome de Brugada, uma condição que causa perturbações no ritmo normal do coração.


Ver mais notícias sobre os temas:

Plantas Medicinais

Medicamentos Naturais

Biotecnologia

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.