Dormir pouco ou dormir demais aumentam excesso de idade do coração

Sono e idade do coração

[Imagem: Diário da Saúde/Adaptado de CDC]

Excesso de idade cardíaca

Pessoas na idade adulta que dormem uma média de sete horas por noite apresentam menor excesso de idade cardíaca (EIC).

A idade do coração é a idade calculada do sistema cardiovascular de uma pessoa com base em seu perfil de fator de risco - os riscos incluem pressão alta, tabagismo, diabetes e índice de massa corporal como indicador de obesidade.

O excesso de idade cardíaca é um indicador que, como seu nome indica, mostra que o coração de uma pessoa é mais velho do que sua idade cronológica.

Depois de fazer esses cálculos para 12.775 adultos, Julia Durmer e seus colegas da Universidade Emory (EUA) verificaram que a média ajustada de EIC (excesso de idade cardíaca) foi menor entre os adultos que relataram dormir uma média de sete horas por período de 24 horas.

Dormir mais do que sete horas ou menos do que sete horas por noite, ao contrário, mostrou-se associado com um aumento da idade cardíaca em excesso - as maiores elevações foram observadas entre pessoas que dormem muito pouco.

Em outras palavras, dormir demais ou de menos não é o ideal para o coração.

"Esses resultados são importantes porque demonstram um método quantitativo para a inclusão da duração do sono no estabelecimento e na comunicação do risco cardiovascular para os indivíduos. Isso pode ter utilidade no atendimento clínico de pacientes com risco cardiovascular e para pesquisadores de saúde pública interessados em adicionar uma medida de sono para estudos futuros," disse Julia Durmer.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sono

Coração

Mente

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.