É possível reverter danos do envelhecimento em nível celular

É possível reverter danos do envelhecimento em nível celular
Recentemente, médicos coreanos usaram uma outra substância para reverter o envelhecimento em células.
[Imagem: DGIST]

Envelhecimento celular

Qual o segredo para envelhecer bem?

Pesquisadores da Universidade de Minnesota (EUA) acreditam ter respondido a essa pergunta - ao menos em nível celular.

O envelhecimento começa em nossas células, e as células envelhecidas podem acelerar a senescência de suas vizinhas, levando à disfunção dos tecidos e, finalmente, aos impactos que sentimos em nossa saúde e disposição.

O que a equipe comprovou é que existem pequenas moléculas, chamadas senolíticas, que podem reverter o impacto que as células envelhecidas e senescentes exercem sobre suas companheiras, evitando que o envelhecimento se espalhe.

"Sempre pensamos no envelhecimento como um processo, não como uma doença. Mas, e se pudermos influenciar os impactos do envelhecimento em nível celular para promover um envelhecimento saudável? Isso é o que os senolíticos buscam alcançar," explicaram Paul Robbins e Laura Niedernhofer em um artigo publicado pela revista Nature Medicine.

Senolíticos

Os experimentos e observações realizados pela equipe visavam inicialmente determinar se a introdução de células senescentes no tecido humano e animal teria impacto na saúde celular das células vizinhas. De fato, o transplante de um número relativamente pequeno de células senescentes causou uma disfunção persistente, bem como a disseminação da senescência celular em células previamente saudáveis.

Por outro lado, quando as moléculas senolíticas foram adicionadas, elas foram capazes de eliminar as células senescentes, o que pode ser considerado uma possível forma reverter a disfunção física e prolongar a vida saudável. Os efeitos foram confirmados em culturas celulares e em modelos de animais idosos.

"Vimos uma maior atividade, mais resistência e maior força [nas cobaias] após o uso dos senolíticos," disse o Dr. Robbins.

"Esta área de pesquisa é promissora, não apenas para abordar o declínio físico que vem com o envelhecimento, mas também para melhorar a saúde dos sobreviventes de câncer tratados com radiação ou quimioterapia - dois tratamentos que podem induzir a senescência celular," disse Laura Niedernhofer.

Várias substâncias classificadas como agentes senolíticos estão sendo estudadas em todo o mundo, mas a maioria delas tem apresentado uma série de efeitos colaterais tóxicos, o que desaconselha qualquer expectativa de seu uso em humanos a curto prazo.


Ver mais notícias sobre os temas:

Rejuvenescimento

Terceira Idade

Desenvolvimento de Medicamentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.