22/03/2021

Exercícios físicos vigorosos aumentam a longevidade

Com informações da Agência Fapesp
Exercícios físicos vigorosos aumentam a longevidade
Movimentar-se é bom para quase tudo, mas alguns especialistas argumentam que as recomendações de exercícios físicos estão exageradas.[Imagem: Pexels/Pixabay]

Force um pouquinho para viver mais

A prática regular de atividade física pode lhe garantir qualidade de vida, mas também pode lhe garantir anos a mais de vida - desde que feita da maneira correta.

"Qualquer tipo de atividade física regular é melhor do que nada. No entanto, o que vimos no nosso estudo foi que incluir exercícios vigorosos - como futebol e corrida, por exemplo - na prática semanal está associado à redução de mortalidade.

"Na comparação com adultos que realizaram apenas atividades moderadas, aqueles que fazem metade ou 75% de atividade vigorosa do total da semana tiveram 17% de redução da mortalidade em geral, que inclui entre diferentes causas a mortalidade por doenças cardiovasculares e câncer", contou o pesquisador Leandro Rezende, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

A equipe do Dr. Leandro analisou dados de 403.681 pessoas, comparando a redução da mortalidade associada a diferentes combinações de exercícios de intensidades moderadas e vigorosas dentro do tempo recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), de 150 a 300 minutos por semana.

"Com a análise conseguimos responder uma antiga pergunta: o que é melhor, atividade moderada ou vigorosa? Mostramos que as duas são importantes, mas que dar maior intensidade à atividade física regular reduz ainda mais a mortalidade.

"O resultado do estudo reforça a recomendação da OMS de pelo menos de 150 a 300 minutos de atividade física de intensidade moderada por semana, ou 75 a 150 minutos de atividade física de intensidade vigorosa, ou uma combinação equivalente das intensidades das atividades," concluiu.

Intensidade de uma atividade física

A intensidade de uma atividade física é medida pela unidade de equivalente metabólico, ou a quantidade de gasto energético - que é produzido por quilo de peso por minuto.

Atividades moderadas, como uma caminhada leve de deslocamento, passear de bicicleta ou atividades domésticas que envolvem gasto energético variam de 3 a 6 unidades de equivalente metabólico.

Já natação, dança, pedalar em uma velocidade mais alta, correr, e praticar esportes como futebol, handebol e boxe são atividades vigorosas, que correspondem a mais de 7 unidades de equivalente metabólico.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.