11/09/2019

Flavonoides protegem do câncer e das doenças do coração - principalmente os fumantes e bebedores

Redação do Diário da Saúde

Proteção para fumantes e bebedores

Consumir itens ricos em flavonoides, como maçãs e chá, tem efeito protetor contra o câncer e as doenças cardíacas, particularmente para fumantes e para quem consome bebidas alcoólicas com frequência.

A conclusão veio depois da análise criteriosa das dietas de 53.048 dinamarqueses ao longo de mais de 23 anos.

Os pesquisadores descobriram que as pessoas que consumiam habitualmente quantidades moderadas a altas de alimentos ricos em flavonoides - compostos encontrados em alimentos e bebidas à base de vegetais - eram menos propensas a morrer de câncer ou doenças cardíacas.

Embora a diminuição no risco de morte tenha sido generalizado entre as pessoas que consumiam alimentos ricos em flavonoides, o efeito protetor foi mais forte para aqueles com alto risco de doenças crônicas devido ao tabagismo e aqueles que bebiam mais de duas doses de bebidas alcoólicas por dia.

"Estes resultados são importantes, uma vez que destacam o potencial do incentivo ao consumo de alimentos ricos em flavonoides para prevenir o câncer e as doenças cardíacas, particularmente em pessoas com alto risco dessas doenças crônicas.

"Mas também é importante notar que o consumo de flavonoides não neutraliza todo o risco aumentado de morte causado pelo tabagismo e pelo alto consumo de álcool. De longe, a melhor coisa a fazer pela sua saúde é parar de fumar e reduzir o consumo de álcool.

"Nós sabemos que esse tipo de mudança no estilo de vida pode ser muito desafiador, por isso encorajar o consumo de flavonoides pode ser uma nova maneira de aliviar o risco, mas mantendo o aconselhamento para que as pessoas parem de fumar e reduzam sua ingestão de álcool," disse a Dra Nicola Bondonno, da Universidade Edith Cowan (EUA).

Quanto consumir de flavonoides?

O menor risco de câncer ou morte relacionada às doenças cardíacas foi apresentado pelos participantes que consumiam cerca de 500mg de flavonoides totais por dia.

"É importante consumir uma variedade de diferentes compostos flavonoides encontrados em diferentes alimentos e bebidas à base de plantas. Isso é facilmente obtido através da dieta: uma xícara de chá, uma maçã, uma laranja, 100g de mirtilos e 100g de brócolis fornecem uma ampla gama de compostos flavonoides e mais de 500 mg de flavonoides totais," disse a pesquisadora.

Bondonno salienta que, embora a pesquisa tenha estabelecido uma associação clara entre o consumo de flavonoides e o menor risco de morte, a natureza exata do efeito protetor não está clara, mas provavelmente deve ser multifacetada, o que deixa pouca esperança para aqueles que pretenderem usar apenas suplementos.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.