23/07/2020

Instituto Butantan pede doações para aumentar produção de vacina contra coronavírus

Com informações da Agência Brasil
Instituto Butantan pede doações para aumentar produção de vacina contra coranavírus
Começaram nesta semana os primeiros testes com a vacina chinesa contra o novo coronavírus.[Imagem: Divulgação]

Quem quer ajudar?

O Instituto Butantan, em São Paulo, vai abrir um canal de doações com o objetivo de arrecadar até R$ 130 milhões.

O objetivo é ampliar conseguir fundos para aumentar a capacidade do Instituto para fabricar vacinas - especialmente a do CoronaVac, a vacina chinesa contra a covid-19 que está em fase de testes no Brasil.

Caso a vacina seja aprovada nos testes clínicos ela será fabricada no Brasil pelo Instituto Butantan, conforme acordo feito com a farmacêutica chinesa que desenvolveu o fármaco.

"Hoje iniciamos um programa de solicitação de doações ao Instituto Butantan para que ele possa arrecadar R$ 130 milhões e rapidamente investir em equipamentos e tecnologia para aumentar a capacidade de produção, que hoje já é de 120 milhões de unidades da Coronavac. Por que desejamos aumentar a produção? Para o atendimento da totalidade de brasileiros, já que a vacina será aplicada duas vezes," disse o governador João Doria.

Como existem várias pesquisas em andamento, se surgirem outras vacinas contra o novo coronavírus, como a de Oxford, que também está sendo testada no Brasil, o Butantan vai exportar a sua vacina para países vizinhos.

Coronavac

A primeira dose da CoronaVac foi aplicada na manhã de ontem (21) em uma médica do Hospital das Clínicas, na capital paulista.

Ao todo, os testes com a CoronaVac serão realizados em 9 mil voluntários em centros de pesquisas de seis estados brasileiros: São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná. A pesquisa clínica será coordenada pelo Instituto Butantan e o custo da testagem é de R$ 85 milhões, custeados pelo governo estadual.

Caso seja comprovado o sucesso da vacina, ela começará a ser produzida pelo Instituto Butantan a partir do início do ano que vem, com mais de 120 milhões de doses, o suficiente para vacinar cerca de 60 milhões de brasileiros.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.