17/08/2021

Mão robótica flexível oferece controle tátil

Redação do Diário da Saúde
Mão robótica flexível oferece controle tátil
A mão robótica inflável dá aos amputados controle tátil em tempo real. A mão inteligente é macia e elástica, pesa cerca de meio quilo e custa uma fração de próteses comparáveis.[Imagem: Guoying Gu et al. - 10.1038/s41551-021-00767-0]

Mão robótica inflável

Dizendo ter-se inspirado no robô Baymax, do filme Big Hero, engenheiros do MIT (EUA) e da Universidade Shanghai Jiao Tong (China) apresentaram uma mão neuroprotética macia, leve e que poderia ser fabricada a um custo baixo.

As neuropróteses atuais podem custar dezenas de milhares de dólares e são construídas em torno de esqueletos de metal, com motores elétricos que podem ser pesados e rígidos.

Enquanto isso, amputados que testaram o novo membro artificial flexível afirmaram conseguir realizar atividades diárias, como fechar uma mala, despejar uma caixa de suco e acariciar um gato, tão bem quanto - e em alguns casos até melhor do que - aqueles com neuropróteses rígidas.

A prótese, projetada com um sistema de feedback tátil, restaurou algumas sensações primitivas no membro residual de um dos voluntários, no qual essa possibilidade foi testada. A mão robótica também se mostrou surpreendentemente durável, recuperando-se rapidamente após ser atingida por um martelo ou ficar sob o pneu de um carro em movimento.

A mão inteligente é macia e elástica, e pesa cerca de meio quilo, mas toda a parte de controle precisa ser presa à cintura. Seus componentes custaram cerca de US$ 500, o que ainda é bastante, mas é uma fração do peso e do custo do material associados a membros inteligentes mais rígidos.

"Não é um produto ainda, mas o desempenho já é semelhante ou superior às neuropróteses existentes, o que nos deixa entusiasmados," disse o professor Xuanhe Zhao. "Há um enorme potencial para fazer essa prótese macia de custo muito baixo, para famílias de baixa renda que sofreram amputações."

Mão robótica flexível oferece controle tátil
O sistema de controle e interpretação dos sinais fica em uma bolsa colocada na cintura.
[Imagem: Guoying Gu et al. - 10.1038/s41551-021-00767-0]

Robótica macia

O design flexível tem uma certa semelhança com o robô inflável do filme de animação "Big Hero".

Assim como o androide Baymax, a mão artificial é feita de um material macio e elástico - neste caso, o elastômero comercial EcoFlex. A prótese compreende cinco dedos em forma de balão, cada um com segmentos de fibra embutidos, semelhantes aos ossos articulados dos dedos reais. Os dígitos flexíveis são conectados a uma palma impressa em 3D, com a forma de uma mão humana.

"Agora temos quatro tipos de garras. Pode haver mais," disse Zhao. "Este design pode ser melhorado, com melhor tecnologia de decodificação, matrizes mioelétricas de alta densidade e uma bomba mais compacta, que possa ser usada no pulso. Também queremos personalizar o design para produção em massa, para que possamos traduzir a tecnologia robótica macia para beneficiar a sociedade."

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.