06/11/2019

Morador de bairro rico vive 23 anos a mais que morador da periferia

Com informações da Agência Brasil
Morador de bairro rico vive 23 anos a mais que morador da periferia
Dados do IBGE também mostraram recentemente que os ricos ficam mais ricos e os pobres ficam mais pobres no Brasil. [Imagem: Mapa da Desigualdade 2019/Divulgação]

Desigualtômetro

As desigualdades econômicas na população brasileira não dão sinais de arrefecimento.

A versão mais recente do Mapa da Desigualdade de São Paulo mostra essas disparidades na maior cidade do país.

Um dos principais destaques é a média de idade ao morrer. Em 2018, no bairro nobre de Moema, a média de idade no falecimento foi de 80,57 anos e, no bairro popular de Cidade Tiradentes, foi de 57,31 anos, contabilizando mais de 20 anos de diferença entre os dois distritos.

Os dados de 10 diferentes áreas e 53 indicadores mostram a realidade através de um "desigualtômetro", que evidencia a diferença entre o melhor e o pior para cada um dos indicadores.

Zero serviços

Segundo o documento, 11 dos 53 indicadores dispõem de um "ranking de zeros", ou seja, distritos sem oferta de equipamentos e acervos. Entre os três indicadores com maior número de zeros estão cinemas, centro culturais, casas e espaços de cultura e museus. Em 54 distritos da capital não há nenhuma sala de cinema, por exemplo.

Distritos centrais, como Sé, República e Bela Vista, e áreas nobres, como Pinheiros, Moema, Itaim Bibi e Jardim Paulista concentram até 1.200 vezes mais poluição atmosférica do que bairros afastados e mais pobres, como Marsilac, Parelheiros, Grajaú e Perus. O tráfego menor de carros nessas regiões explica a desigualdade.

Já distritos como Barra Funda, Sé e Bom Retiro, e também áreas ricas como Morumbi, Pinheiros e Itaim Bibi, que têm alta concentração de veículos, registram até 13 vezes mais acidentes de trânsito que o Jardim Ângela, São Rafael e Cidade Tiradentes.

A versão em pdf do Mapa da Desigualdade 2019 está disponível para ser baixado gratuitamente.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.