18/11/2020

ONU orienta cientistas na busca de soluções para crise decorrente da pandemia

Com informações da Agência Fapesp
ONU orienta cientistas na busca de soluções para crise decorrente da pandemia
[Imagem: Divulgação]

Ciência a serviço da população

A ONU (Organização das Nações Unidas) lançou um documento para orientar cientistas do mundo inteiro a focarem suas pesquisas em temas importantes para que o mundo se recupere da pandemia de covid-19.

O roteiro, elaborado por 250 especialistas de vários países, lista 25 prioridades de pesquisas, distribuídas em cinco áreas consideradas prioritárias:

  • proteção de serviços e sistemas de saúde;
  • garantia de proteção social e serviços básicos;
  • planejamento da retomada de empregos, de pequenas e médias empresas e de oportunidades para trabalhadores do setor informal;
  • apoio à resposta macroeconômica e à colaboração multilateral;
  • e fortalecimento da coesão social e da resiliência da comunidade.

"Esse roteiro é uma ferramenta que pode ser utilizada por pesquisadores, agências de fomento à pesquisa, organizações da sociedade civil, governos e instituições internacionais para construir parcerias, alinhar esforços de pesquisa e demonstrar o poder da ciência global," afirmou Amina Mohammed, vice-secretária-geral da ONU.

Foco das pesquisas

Em cinco capítulos e mais de 120 páginas, o documento aponta um conjunto de recomendações e oferece uma lista de temas de pesquisa - no formato de perguntas - para cada um dos cinco pilares estratégicos. Adicionalmente, em cada pilar, são identificadas três subprioridades de pesquisas de impacto imediato, de maior retorno sobre o investimento e de grande poder de transformação.

No pilar Proteção Social e Serviços Básicos, por exemplo, as recomendações têm foco em políticas em favor das populações mais pobres, nos serviços essenciais de alimentação, nutrição - especialmente de crianças e mulheres - e saneamento, na aprendizagem sustentada, em serviços sociais e na implementação de medidas contra a violência de gênero.

Neste pilar, pesquisas que busquem definir estratégias de fornecimento de serviços básicos para proteger a saúde mental de trabalhadores são classificadas como "impacto imediato", iniciativas para a inclusão digital são apontadas como "maior retorno" e medidas eficazes para a proteção da renda básica são consideradas "transformadoras". Essas sugestões são seguidas de cinco recomendações de pesquisas envolvendo medidas de proteção social inclusivas, redução da desigualdade, prosperidade, entre outras.

A íntegra do documento está disponível em https://www.un.org/en/pdfs/UNCOVID19ResearchRoadmap.pdf.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.