03/02/2020

Participe: Pesquisa acompanhará hábitos alimentares de brasileiros por 10 anos

Com informações da Agência Brasil

Pesquisa dos hábitos de alimentação

Pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo), em parceria com o Ministério da Saúde, irão acompanhar, por dez anos, os hábitos de alimentação de 200 mil brasileiros.

O estudo, chamado NutriNet Brasil, terá como identificar os padrões de alimentação praticados em diferentes regiões do país e analisar a relação dessas dietas com o risco de doenças crônicas que afetam os brasileiros.

"A alimentação inadequada lidera o ranking dos fatores de risco relacionados à carga global de doenças no mundo. É o fator de risco que mais contribui para mortalidade," Gisele Bortolini, coordenadora de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde.

A alimentação também é o segundo fator que mais contribui para a perda de anos de vida, superando, inclusive, o uso de álcool, drogas, tabagismo e inatividade física. "Nesse sentido, o estudo NutriNet Brasil nos apoiará no aprimoramento das políticas públicas de nutrição no país," ressaltou.

Problemas de alimentação aumentam, em particular, o risco para o desenvolvimento de diversos tipos de câncer, doenças cardiovasculares e enfermidades como obesidade, diabetes e hipertensão.

"Mais do que um ou outro alimento isolado, é o padrão de alimentação das pessoas, ou as quantidades e proporções dos diferentes grupos de alimentos, que vai definir o risco de doenças. O levantamento trará maior compreensão sobre tais hábitos e suas consequências," destacou Gisele.

Quem quiser participar do estudo, além de ter pelo menos 18 anos de idade, precisa residir no Brasil, ter acesso à internet e fazer um cadastro na plataforma digital da pesquisa, no endereço https://nutrinetbrasil.fsp.usp.br/.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.