16/12/2020

Quais janelas do carro abrir para evitar pegar covid-19?

Redação do Diário da Saúde
Andar de carro durante a pandemia: Quais janelas abrir?
À esquerda está uma simulação de computador, à direita uma ilustração gráfica da mesma situação. Se você não puder abrir todas as janelas, esta pode ser uma boa disposição dos assentos e cenário de ajuste das janelas.[Imagem: UMass Amherst/Mathai Lab]

Risco de covid no carro

Se você se encontrar em um carro com alguém de fora de sua casa - um motorista de táxi, por exemplo - durante a pandemia de covid-19, seu instinto pode ser o de baixar a janela ao seu lado, seja você o motorista ou o passageiro do banco de trás.

Mas qual é a melhor opção para diminuir o seu risco caso a outra pessoa no carro possa estar contaminada com o vírus?

Varghese Mathai e seus colegas da Universidade de Massachusetts Amherst (EUA) decidiram encontrar a melhor resposta a essa questão analisando o que acontece com as partículas - aerossóis - exaladas pelos ocupantes dentro do carro em várias configurações de janelas abertas e fechadas.

E eles descobriram algumas maneiras surpreendentes pelas quais os padrões do fluxo de ar no interior de um carro podem aumentar ou diminuir o risco de infecção no ar durante o trajeto.

"Pode-se imaginar que as pessoas abram instintivamente as janelas ao lado delas enquanto viajam como passageiros durante a pandemia. Isso pode não ser o ideal - embora seja melhor do que não abrir nenhuma janela," disse Mathai.

Andar de carro durante a pandemia: Quais janelas abrir?
Nesta disposição, há um maior fluxo do ar em volta dos passageiros para o exterior do veículo.
[Imagem: Varghese Mathai et al. - 10.1126/sciadv.abe0166]

Quais janelas do carro abrir na pandemia?

Resumidamente, a pesquisa sugere duas coisas: (1) se não estiver chovendo, abra todas as janelas; (2) se não for possível abrir todas as janelas, abra aquelas o mais longe possível da pessoa que você teme estar infectada e de você próprio, sendo preferível ficar como passageiro no banco de trás.

"Para nossa surpresa, as simulações mostraram uma corrente de ar que atua como uma barreira entre o motorista e o passageiro," disse Mathai, que comparou esse fenômeno à cortina de ar criada por uma corrente de ar soprada verticalmente em algumas entradas de supermercados, que impede que o ar do ambiente externo se misture com o ar interno, mesmo se a porta de entrada estiver aberta.

Ou seja, não se trata apenas de proteger você próprio: Essa disposição também é a melhor para o próprio motorista, caso você tenha o vírus e não saiba.

Os motoristas poderão achar suas solicitações de abrir as janelas opostas estranhas, mas os cientistas garantem que isso pode ajudar a reduzir o risco da contaminação por covid-19 para centenas de milhões de pessoas que dirigem automóveis de passageiros ou pegam táxis em todo o mundo.

"Embora essas medidas não substituam o uso de máscara facial dentro de um carro, elas podem ajudar a reduzir a carga de patógenos dentro do espaço muito confinado da cabine de um carro," finalizou Mathai.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.