15/04/2016

Sabedoria é uma questão de mente e de coração

Redação do Diário da Saúde
Sabedoria é uma questão de mente e de coração
As pessoas com frequências cardíacas mais variadas foram capazes de raciocinar de uma forma mais sensata e menos tendenciosa sobre problemas sociais.[Imagem: Joseph Ciarrochi et al. - 10.3389/fnbeh.2016.00068]

Definições de sabedoria

Embora a definição de sabedoria esteja longe de ser consensual, os conceitos mais aceitos incluem a "capacidade de julgamento sensato", a capacidade de reconhecer os limites do próprio conhecimento, estar ciente dos variados contextos da vida e como eles podem se desdobrar ao longo do tempo, reconhecer os pontos de vista dos outros e buscar a reconciliação de pontos de vista opostos.

Não parece tão fácil, embora alguns sugiram que a busca da sabedoria pode começar pela meditação ou pelo balé.

Mas parece também que a qualidade de ser sábio pode ter uma base fisiológica, sendo afetada pelas flutuações dos seus batimentos cardíacos.

Medições revelaram que a variação da frequência cardíaca e o processo de pensamento trabalham juntos para permitir um "raciocínio sábio" sobre questões sociais complexas.

Raciocínio sensato

"Nossa pesquisa mostra que o raciocínio sábio não é exclusivamente uma função da mente e da capacidade cognitiva," defende o professor Igor Grossmann, da Universidade Waterloo (Canadá).

"Descobrimos que as pessoas que têm maior variabilidade da frequência cardíaca e que são capazes de pensar sobre problemas sociais de um ponto de vista distanciado demonstram uma maior capacidade de raciocínio sensato," acrescentou.

Ou seja, a variação dos batimentos cardíacos parece ser uma característica das pessoas mais sábias - a equipe não tentou induzir variações na frequência cardíaca para ver se a sabedoria dos voluntários aumentava ou diminuía.

As pessoas com frequências cardíacas mais variadas foram capazes de raciocinar de uma forma mais sensata e menos tendenciosa sobre problemas sociais quando foram instruídas a refletir sobre uma questão social a partir de uma perspectiva de uma terceira pessoa.

Mas quando os participantes foram instruídos a raciocinar sobre a questão a partir de uma perspectiva de primeira pessoa, ou seja, delas próprias, não se verificou nenhuma relação entre a frequência cardíaca e o julgamento mais sensato.

Variabilidade dos batimentos cardíacos

A taxa de batimentos do coração humano tende a flutuar, mesmo durante condições de repouso, como quando uma pessoa está sentada. A variabilidade da frequência cardíaca refere-se à variação no intervalo de tempo entre as pulsações do coração e está relacionada com o controle das funções do órgão pelo sistema nervoso.

Os experimentos envolveram a medição da variabilidade da frequência cardíaca com os voluntários em condições de "baixa atividade física'.

Os resultados foram publicados no periódico Frontiers in Behavioral Neuroscience.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.