09/03/2021

Sesaminol: Substância do gergelim mostra efeito surpreendente contra Parkinson

Redação do Diário da Saúde
Sesaminol: Óleo de gergelim mostra efeito surpreendente contra Parkinson
A equipe agora quer passar para os ensaios clínicos em humanos, para que o suplemento possa vir a ser recomendado pelos médicos aos seus pacientes.[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Sesaminol

O óleo de gergelim, muito usado por seu aroma de nozes e alto ponto de queima, é produzido extraindo-se os óleos graxos das sementes de gergelim, com as cascas restantes sendo jogadas no lixo.

Em um novo exemplo literal do antigo ditado "O lixo de um homem é o tesouro de outro", pesquisadores descobriram agora que uma substância química chamada sesaminol, abundante nesse resíduo de gergelim, tem efeitos protetores contra a doença de Parkinson.

A doença de Parkinson é caracterizada por neurônios do cérebro envolvidos no movimento se rompendo ou morrendo devido em parte a uma situação chamada estresse oxidativo - os neurônios no cérebro ficam sob extrema pressão de um desequilíbrio entre antioxidantes e oxidantes, as conhecidas espécies reativas de oxigênio.

Haruka Kaji e seus colegas da Universidade de Osaka (Japão) descobriram que o sesaminol protege contra danos neuronais, promovendo a translocação da Nrf2, uma proteína envolvida na resposta ao estresse oxidativo, e reduzindo a produção de espécies reativas de oxigênio intracelulares.

Sesaminol contra Parkinson

O comprometimento do movimento devido à doença de Parkinson é o resultado de neurônios danificados que produzem menos dopamina do que o naturalmente necessário.

Com os bons resultados nos experimentos in vitro feitos em células, a equipe então passou para animais de laboratório que servem como modelos da doença de Parkinson, apresentando uma falta de produção de dopamina.

Após alimentar os camundongos com uma dieta contendo sesaminol durante 36 dias, a equipe observou um aumento nos níveis de dopamina.

Paralelamente, um teste de desempenho físico revelou um aumento significativo no desempenho motor e na função motora intestinal dos animais.

Com o primeiro medicamento para a doença de Parkinson sendo potencialmente o ingrediente alimentar natural sesaminol, e este ingrediente sendo encontrado nos resíduos naturais da indústria de sementes de gergelim, a professora Akiko Yuasa e sua equipe afirmam estar prontas para passar para o fase de ensaio clínico.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.