22/03/2021

Ter alto nível de vitamina D protege pessoas negras contra covid-19

Redação do Diário da Saúde
Ter alto nível de vitamina D protege pessoas negras contra covid-19
Mas é bom tomar cuidado com suplementos de vitamina D em altas doses.[Imagem: FRL/UCR]

Proteção para pessoas negras

Uma nova pesquisa feita na Universidade de Medicina de Chicago (EUA) concluiu que, quando se trata de covid-19, ter níveis de vitamina D acima dos tradicionalmente considerados suficientes para uma boa saúde pode reduzir o risco de infecção por pessoas negras.

O estudo, publicado na revista médica JAMA Open Network, examinou retrospectivamente a relação entre os níveis de vitamina D no corpo e a probabilidade de testar positivo para covid-19.

Embora níveis de 30 ng/ml ou mais sejam geralmente considerados "suficientes", os autores descobriram que os indivíduos negros que tinham níveis de 30 a 40 ng/ml tinham um risco 2,64 vezes maior de testar positivo para covid-19 do que pessoas com níveis de 40 ng/ml ou superior.

Não foram encontradas associações estatisticamente significativas dos níveis de vitamina D com o risco de covid-19 em pessoas brancas.

O estudo analisou dados de mais de 3.000 pacientes atendidos no hospital da universidade que tiveram seus níveis de vitamina D testados 14 dias antes de um teste covid-19.

Vitamina D e covid

A equipe agora está recrutando participantes para dois ensaios clínicos diferentes para testar a eficácia dos suplementos de vitamina D na prevenção de covid-19.

Esta pesquisa é uma expansão de um estudo anterior da mesma equipe, que mostrou que uma deficiência de vitamina D (menos de 20 ng/ml) pode aumentar o risco de testar positivo para covid-19.

No estudo atual, esses resultados foram confirmados, mostrando que os indivíduos com deficiência de vitamina D tinham 7,2% de chance de testar positivo para o vírus. Um estudo separado descobriu recentemente que mais de 80% dos pacientes diagnosticados com covid-19 eram deficientes em vitamina D.

"Estes novos resultados nos dizem que ter níveis de vitamina D acima dos normalmente considerados suficientes está associado a uma diminuição do risco de teste positivo para covid-19, pelo menos em indivíduos negros," disse o Dr. David Meltzer, idealizador da pesquisa. "Isso apoia os argumentos para a concepção de ensaios clínicos que possam testar se a vitamina D pode ou não ser uma intervenção viável para reduzir o risco da doença, especialmente em pessoas de cor."

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.