Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

03/09/2015

Brasil ainda gasta pouco com saúde, afirmam especialistas

Com informações da Anvisa

Para o diretor-presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa, o sistema de saúde brasileiro precisa se adaptar para se tornar capaz de prevenir e tratar doenças ligadas ao envelhecimento.

"Diferentemente dos países europeus, que tiveram mais tempo para se adequar, estamos assistindo a um envelhecimento muito rápido da população," disse ele.

Para Barbosa, o Brasil ainda gasta pouco em saúde, e os novos desafios da transição demográfica exigem um volume maior de recursos.

Há uma impressão falsa no país de que se gasta o suficiente em saúde. No entanto, disse Barbosa, dos 9,7% dos gastos em saúde em relação ao PIB, apenas 4,7% correspondem ao gasto público.

"Nenhum país que tenha um sistema universal de saúde tem um percentual igualmente baixo," afirmou.

Os países europeus têm um gasto aproximadamente 7,8 vezes maior por habitante que o Brasil.

Barbosa falou durante o Fórum de Tecnologia e Acesso à Saúde, realizado pela Folha de São Paulo.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Atendimento Médico-Hospitalar

Terceira Idade

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Ultrassom no 1º trimestre de gravidez pode agravar autismo

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão