Brasil vai enviar mais remédios para vítimas do terremoto no Haiti

Kits de remédios

O Ministério da Saúde enviará mais 20 kits com duas toneladas de remédios e insumos para as vítimas do terremoto no Haiti. O envio deve ocorrer até a próxima semana.

Cada kit é composto por anti-inflamatórios, antibióticos, anti-hipertensivos, diuréticos, analgésicos, sais de reidratação oral, seringas, luvas, esparadrapos e hipoclorito de sódio (usado para tratamento da água).

Várias intuições sinalizaram a disponibilidade de doar medicamentos. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) já ofereceu 40 toneladas de remédios ao país.

Reconstrução do sistema de saúde

No dia 14, o ministério enviou o primeiro lote de remédios para os haitianos, com estoque suficiente para o atendimento de 10 mil pessoas por três meses. Técnicos também irão ao país caribenho para ajudar na reconstrução do sistema de saúde local.

Desde ontem, o ministério colocou no ar um sistema para o cadastro de doações de remédios ao Haiti e de profissionais interessados em atuar como voluntários no país arrasado pelo terremoto.

Para a doação de medicamentos, o cadastro deve ser feito pela internet. A empresa pública ou privada ou profissional autônomo interessado em ser voluntário devem fazer o cadastro em outro endereço.

As informações serão analisadas pelo ministério e o envio de remédios e equipes seguirão as orientações do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, que coordena a ação brasileira de apoio ao Haiti.

Processo de doações

O diretor do Departamento de Vigilância Ambiental, Guilherme Franco Netto, que coordena o grupo de resposta do Ministério da Saúde, diz que o processo de doação se dará em três fases e seguirá as orientações do GSI. "Estamos nos organizando para oferecer o máximo de ajuda às vítimas do terremoto", disse.

Também aguardam resposta, para seguir ao Haiti, as equipes do Serviço de Atendimento Móvel (Samu). São 500 profissionais com experiência em situação de desastres, urgência e emergência, além de traumatologia.


Ver mais notícias sobre os temas:

Gestão em Saúde

Acidentes

Medicamentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.