Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

16/09/2011

Celular suprime metabolismo da glicose no cérebro

Redação do Diário da Saúde

Metabolismo comprometido

Um estudo realizado por neurocientistas finlandeses mostrou que o campo eletromagnético gerado por telefones celulares GSM suprime o metabolismo da glicose no cérebro.

O efeito foi detectado nas regiões do cérebro conhecidas como temporoparietal e temporal anterior, e ocorreu no hemisfério cerebral do lado da cabeça em que o aparelho estava posicionado.

Os resultados, obtidos por cientistas da Universidade de Turku, foram publicados no Journal of Blood Circulation and Metabolism.

Metabolismo e doença

Treze homens jovens saudáveis foram expostos ao sinal GSM por 33 minutos.

O estudo foi considerado metodologicamente muito preciso por combinar imagens do cérebro, medições e modelagens da radiação eletromagnética dos celulaers e medições de temperatura da pele, que geralmente é afetada por fortes campos eletromagnéticos.

Apesar disso, o estudo não permite nenhuma conclusão direta sobre os riscos à saúde.

Ele apenas conclui que o campo eletromagnético do telefone celular afeta o metabolismo da glicose no cérebro.

Se isto irá resultar em qualquer consequência para o indivíduo a curto ou longo prazo é algo que deverá merecer pesquisas à parte, com acompanhamento dos voluntários, tentando associar qualquer problema de saúde posterior com o efeito metabólico verificado.


Ver mais notícias sobre os temas:

Neurociências

Cérebro

Prevenção

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão