Câncer é desligado em células em laboratório

Câncer é
Com o uso dos microRNAs, as células cancerosas são reprogramadas para voltarem a ser células normais.
[Imagem: Mayo Clinic/Panos Anastasiadis]

Desligar o câncer com microRNAs

Uma equipe de pesquisadores norte-americanos acredita ter encontrado uma forma de transformar células cancerosas em células saudáveis, efetivamente "desligando" o câncer.

Por enquanto, o experimento foi feito apenas em células em laboratório, mas sugere que há uma possibilidade de restaurar a normalidade das células e suspender a reprodução descontrolada que caracteriza as células tumorais.

A equipe juntou dois ramos da pesquisa científica, chamados aderência entre células e biologia do microRNA.

Pensava-se que as moléculas de adesão eram simplesmente a cola que mantém as células juntas. Mas descobriu-se que elas podem ter um papel de sinalização, emitindo sinais através dos microRNAs para controlar o crescimento de células.

Se esse processo fica desregulado, as células crescem descontroladamente, o que pode impulsionar o câncer. Mas reabastecer as células com microRNAs pode solucionar esse problema.

Esperanças e cautela

"Ao administrar os microRNAs afetados em células cancerosas para restaurar seus níveis normais, devemos ser capazes de restabelecer os freios (ao câncer) e restaurar a função normal da célula," disse Panos Anastasiadis, da Mayo Clinic, líder da pesquisa. "Experimentos iniciais em alguns tipos agressivos de câncer são de fato muito promissores."

Contudo, apesar de os primeiros testes parecerem promissores, ainda não está claro se esta técnica poderá ser utilizada diretamente no tratamento de pessoas que tenham a doença, uma vez que o ambiente tumoral real é bem mais complexo do que as células isoladas em laboratório.

O resultado da pesquisa foi publicado na revista Nature Cell Biology.


Ver mais notícias sobre os temas:

Câncer

Genética

Sistema Imunológico

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.