Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

22/08/2016

Capacidade de parar de fumar difere por etnia

Com informações da Umich
Capacidade de parar de fumar difere por etnia
Em média, os brancos que participaram do estudo fumavam 23 cigarros por dia, comparados a 16 para os latino-americanos e 13 para os afro-americanos. [Imagem: Umich]

Êxito em parar de fumar

Em um estudo com quase 3.000 fumantes, pesquisadores das escolas de Saúde Pública das universidades de Michigan e Texas (EUA) constataram que os latino-americanos e os negros têm mais êxito em parar de fumar do que os caucasianos (brancos).

A taxa de pessoas que deixaram o cigarro foi cerca de 20% maior entre os negros e 50% maior entre os latino-americanos em comparação com os brancos. Foram analisadas pessoas que fumavam há pelo menos 20 anos.

"A crença geral é que os fumantes negros são menos propensos a parar de fumar. Nosso estudo questiona essa suposição tradicional, mostrando que, depois dos 50 anos, os negros são mais propensos a largar o vício," conta o médico Shervin Assari.

"Embora a juventude negra tenha menor tendência ao fumo do que os jovens brancos, esta diferença quase desaparece na idade adulta, porque os negros começam a fumar mais tarde que os brancos," acrescentou.

Grau do vício

Os pesquisadores afirmam que o "grau" do vício teve impacto na facilidade ou não de abandonar o cigarro.

"A explicação foi que os negros e os latino-americanos são fumantes mais leves e por isso fica mais fácil parar de fumar. O sucesso é maior," disse Frank Bandiera, principal autor da pesquisa.

Em média, os brancos que participaram do estudo fumavam 23 cigarros por dia, comparados a 16 para os latino-americanos e 13 para os afro-americanos.

"A taxa mais alta de ex-fumantes bem-sucedidos entre os latino-americanos e os negros pode explicar por que as taxas de mortalidade são inferiores entre os latino-americanos e os brancos, e por que a diferença da taxa de mortalidade entre os negros e brancos está se aproximando," acrescentou Bandiera, sempre referindo-se a dados dos EUA.


Ver mais notícias sobre os temas:

Tabagismo

Genética

Vícios

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Nanoestrelas matam bactérias sem desenvolver resistência

Ciência começa a entender eficácia da Medicina Chinesa contra o câncer

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento