Casais que dizem nós resolvem melhor seus conflitos

Casais que dizem
O uso da linguagem do "nós" é uma consequência natural de um sentimento de parceria, de ser do mesmo time, e da confiança em ser capaz de enfrentar os problemas juntos.
[Imagem: Berkely University]

"Eu e você" versus "nós"

Quando se trata da satisfação conjugal, os pronomes realmente importam.

As pessoas frequentemente queixam-se dos casais que constantemente referem-se a si mesmos como "nós" - os críticos afirmam que isso revela convencimento, presunção e até abrir mão da individualidade.

Mas um novo estudo, realizado na Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos, sugere que os cônjuges que usam "a linguagem do nós" são mais capazes de resolver seus conflitos do que aqueles que se mantêm no "eu e você".

Menos estresse fisiológico

Os pesquisadores analisaram as conversas entre 154 casais de meia-idade e mais velhos sobre os pontos de desacordo em seus casamentos e descobriram que aqueles que usaram pronomes como "nós", "nosso" e "nós" se comportaram mais positivamente em relação um ao outro e demonstram menos estresse fisiológico.

Por outro lado, os casais que enfatizam sua separação, usando pronomes como "eu", "meu" e "você" foram considerados menos satisfeitos em seus casamentos. Isso foi especialmente verdadeiro para os casais mais velhos. Seu uso de pronomes que denotam separação foi mais fortemente ligado a casamentos infelizes, de acordo com o estudo.

Compartilhamento da identidade

Além disso, o estudo descobriu que os casais mais velhos se identificam mais como "nós" do que os casais de meia-idade, sugerindo que enfrentar obstáculos e superar desafios juntos a longo prazo, incluindo criar suas famílias, pode dar aos casais um maior sentido de compartilhamento da identidade.

"A individualidade é um valor profundamente enraizado na sociedade [ocidental] mas, pelo menos na esfera do casamento, para ser parte de um 'nós' vale muito a pena ceder um pouco do 'eu'", diz Robert Levenson, coautor do estudo publicado no último exemplar da revista Psychology and Aging.

Sentimento de parceria

Estudos anteriores demonstraram que o uso de "nós" ou da "linguagem da separação" é um forte indicador da satisfação conjugal em casais mais jovens.

Estes últimos resultados, contudo, levam essas conclusões várias etapas à frente ao demonstrar o quão poderoso essa correlação é em mais casais mais estabelecidos, relacionando-a com as emoções e com as respostas fisiológicas que ocorrem quando os cônjuges se unem ou se polarizam em face de divergências.

"O uso da linguagem do "nós" é uma consequência natural de um sentimento de parceria, de ser do mesmo time, e da confiança em ser capaz de enfrentar os problemas juntos," afirmou Seider Benjamin, outro participante da pesquisa.


Ver mais notícias sobre os temas:

Relacionamentos

Sentimentos

Qualidade de Vida

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.