Cientistas usam células-tronco para produzir veias artificiais

Cientistas usam células-tronco para produzir veias artificiais
Os cientistas desenvolveram uma técnica de cultura que faz com que as células-tronco se diferenciem nas células que formam os vasos sanguíneos.
[Imagem: Cambridge University]

Músculos lisos

Cientistas produziram em laboratório os três tipos principais de células que formam os vasos sanguíneos.

A pesquisa, que abre caminho para a produção em larga escala de veias artificiais, foi realizada na Universidade de Cambridge, na Grã-Bretanha, e publicada na revista científica Nature Biology.

Embora células sanguíneas e cardíacas já tenham sido criadas em laboratório antes, a partir de células-tronco, esta foi a primeira vez que todos os principais tipos de músculos lisos foram desenvolvidos, em um sistema que poderia ser transposto para uma escala industrial.

Ponte de safena e stent

A fabricação de vasos sanguíneos artificiais pode ser uma alternativa menos arriscada do que alguns procedimentos cirúrgicos envolvendo o sistema circulatório.

Hoje, problemas graves dependem de pontes de safena e stents.

Pacientes com insuficiência renal, que necessitam de enxertos vasculares para realização da hemodiálise, também poderiam se beneficiar da fabricação de vasos sanguíneos artificiais em larga escala.

Células-tronco

Os músculos lisos são localizados nas paredes de órgãos ocos, como os vasos sanguíneos.

Os cientistas usaram células-tronco embrionárias e células-tronco retiradas de amostras da pele de pacientes - todas conhecidas como células-tronco humanas pluripotentes, ou seja, capazes de se transformar em qualquer tecido do corpo.

Os cientistas desenvolveram uma técnica de cultura que faz com que as células-tronco se diferenciem nas células que formam os vasos sanguíneos.

Veja outras pesquisas que estão trabalhando no desenvolvimento de vasos sanguíneos artificiais:


Ver mais notícias sobre os temas:

Sistema Circulatório

Células-tronco

Coração

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.