Cientistas clonam vírus humano pela primeira vez

Cientistas clonam vírus humano pela primeira vez
O citomegalovírus humano (HCMV) é a principal causa infecciosa de malformações congênitas em todo o mundo. O vírus também é conhecido por provocar doenças fatais em pacientes transplantados e em pessoas com HIV/AIDS.
[Imagem: Stanton el al./JCI]

Citomegalovírus humano

Uma equipe de cientistas do País de Gales clonou com sucesso pela primeira vez um vírus humano, oferecendo uma nova esperança para o tratamento de doenças potencialmente fatais.

O citomegalovírus humano (HCMV) é a principal causa infecciosa de malformações congênitas em todo o mundo. O vírus também é conhecido por provocar doenças fatais em pacientes transplantados e em pessoas com HIV/AIDS.

O desenvolvimento de novos tratamentos para essas condições tem sido dificultada pelo fato de que os cientistas não conseguiam até agora replicar de forma estável o citomegalovírus fora do corpo humano, um passo essencial para ele seja estudado.

Genoma do vírus

"O citomegalovírus humano tem de longe o maior genoma de todos os vírus que afetam os seres humanos - consequentemente ele era tecnicamente difícil de ser clonado de forma intacta em laboratório," explica o Dr. Richard Stanton, da Universidade de Cardiff.

Os cientistas superaram essa dificuldade identificando os genes que causam a a instabilidade do vírus fora do corpo humano.

"Após a identificação destes genes, nós desenvolvemos células nas quais nós podemos cultivar o vírus que corresponde àquele que existe no corpo humano," explica o pesquisador.

A clonagem do citomegalovírus humano vai ajudar os virologistas no desenvolvimento de antivirais e de vacinas contra o vírus. "Pela primeira vez pudemos criar uma cópia exata do vírus fora do corpo humano, um passo decisivo no desenvolvimento de novos tratamentos," diz Stanton.

Alvo prioritário de vacinas

Agora o vírus clonado está sendo distribuído para laboratórios de pesquisa em todo o mundo, e está sendo testado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como parte de um estudo para desenvolver uma norma internacional de diagnóstico para comparar estudos clínicos feitos por diversas equipes.

O citomegalovírus humano foi selecionado como o alvo prioritário para o desenvolvimento de vacinas pelo Instituto de Medicina dos Estados Unidos.

Para desenvolver vacinas, agentes antivirais e estudar melhor as doenças, é fundamental que os cientistas trabalhem com um vírus que represente com precisão o vírus presente nos pacientes. O vírus clonado vai permitir isso.

O estudo foi publicado no The Journal of Clinical Investigation.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vírus

Genética

Infecções

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.