Coma frutas e vegetais, mas coma muito

Coma frutas e vegetais, mas coma muito
Uma porção pesa 80 gramas, o que equivale a uma banana pequena, ou uma cenoura pequena, ou uma maçã média.
[Imagem: Fiocruz]

Frutas para o coração

Mais uma pesquisa ressalta os benefícios de comer frutas e vegetais, desta vez realizada por cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Os pesquisadores relatam que a ingestão de frutas e vegetais protege as pessoas da forma mais comum de doença cardíaca, e uma das principais causas de morte no mundo, o ataque cardíaco isquêmico.

Mas é bom prestar atenção não apenas na qualidade do cardápio, mas também nas quantidades, sobretudo nos benefícios de cada "refeição" adicional.

Porção de frutas e vegetais

Os cientistas verificaram que pessoas que comeram pelo menos oito porções de frutas e vegetais por dia, sim, oito porções, apresentaram um risco 22% menor de morrer de doença isquêmica cardíaca do que pessoas que consumiam menos de 3 porções por dia.

Uma porção pesa 80 gramas, o que equivale a uma banana pequena, ou uma cenoura pequena, ou uma maçã média.

O estudo mostrou "uma redução de 4% no risco de morrer por ataque cardíaco para cada porção adicional de frutas e hortaliças consumidas acima do consumo básico de duas porções diárias," afirma a Dra. Francesca Crowe, uma das autoras do estudo, publicado no European Heart Journal.

Assim, "o risco de isquemia fatal para alguém comendo cinco porções de frutas e verduras por dia seria de 4% menor em relação a alguém que consuma quatro porções por dia, e assim por diante, até oito parcelas ou mais," explica a pesquisadora.

Precauções

Os dados foram coletados de mais 300.000 pessoas, em oito países europeus, tendo ocorrido 1.636 óbitos por ataque cardíaco isquêmico durante o estudo.

Os pesquisadores levaram em conta influências de fatores como diferenças nos estilos de vida e hábitos alimentares.

No entanto, eles reconhecem que os resultados podem ter sido influenciados por erros na medição correta da ingestão de frutas, legumes e verduras.

Além disso, o estudo teve uma maior proporção de mulheres, o que pode não refletir com precisão o total da população.


Ver mais notícias sobre os temas:

Alimentação e Nutrição

Coração

Dietas e Emagrecimento

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.