Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

18/09/2012

Esta é realmente a pessoa certa para eu me casar?

Redação do Diário da Saúde

Sim ou não?

Se você acaba de ser pedida - ou pedido - em casamento, mas tem dúvidas, não ignore suas dúvidas.

Psicólogos da Universidade da Califórnia de Los Angeles (EUA) fizeram o primeiro estudo que avaliou se dúvidas anteriores ao casamento estariam associadas com casamento infelizes e com divórcios.

E a resposta foi positiva.

O estudo mostrou que dúvidas que assolem os noivos sobre se devem ou não se casar com aquela pessoa específica geralmente são sinais de alerta de problemas à frente se eles prosseguirem com o casamento.

Dúvidas como sinal de alerta

"As pessoas pensam que todo o mundo tem dúvidas quando ao casamento e que isso não deve ser motivo de preocupação," disse o Dr. Justin Lavner.

"Nós descobrimos que as dúvidas são comuns, mas não são benignas. Recém-casados que tiveram dúvidas sobre se deveriam se casar apresentaram duas vezes e meia mais probabilidade de se divorciar nos primeiros quatro anos do casamento do que cônjuges que não tiveram dúvidas," relata o pesquisador.

E mesmo entre aqueles casais que tiveram dúvidas, mas que continuavam casados depois de quatro anos, a satisfação com o casamento era bem menor do que entre aqueles que não duvidaram de que o noivo era o parceiro certo.

"Você conhece a si mesmo, seu parceiro e seu relacionamento melhor do que ninguém. Se você está se sentindo nervosa quanto ao casamento, preste atenção a isso. Vale a pena explorar o que você está lhe deixando nervosa," recomenda Lavner.

Medos premonitórios

Os pesquisadores monitoraram 232 casais, entrevistando-os a cada seis meses até quatro anos depois do casamento. A média de idade dos cônjuges era de 27 anos para os homens e 25 anos para as mulheres.

Antes do casamento, as dúvidas sobre se o casamento daria certo atingiam 47% dos homens e 38% das mulheres.

Entre as mulheres que tinham dúvidas, 19% estavam divorciadas ao final dos quatro anos, contra 8% das que não tinham dúvidas.

Entre os homens que tinham dúvidas, 14% estavam divorciados ao final dos quatro anos, contra 9% dos que não tinham dúvidas.

Para comparação, entre os casais nos quais nenhum dos dois cônjuges tinha dúvidas sobre ter escolhido o parceiro certo para casar - eles eram 36% do total -, 6% estavam divorciados ao final dos quatro anos.

Quando apenas o marido tinha dúvidas, 10% se divorciou. Quando apenas a esposa tinha dúvidas, 18% se divorciou. Quando ambos tinham dúvidas, 20% se divorciou.

Ou seja, embora tenham menos dúvidas antes do casamento, a famosa "intuição feminina" parece funcionar melhor, já que foram elas que tiveram maior índice de acerto em seus "medos premonitórios".


Ver mais notícias sobre os temas:

Relacionamentos

Sentimentos

Sexualidade

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?