Exames preventivos de câncer de ovário são ineficazes, concluem especialistas

Prevenção ineficaz

Exames preventivos frequentemente recomendados para detectar câncer de ovário em mulheres saudáveis não apenas são inúteis, como frequentemente são prejudiciais.

Esta é a conclusão contundente de um grupo de trabalho de oncologistas formado pela Força-Tarefa de Serviços Preventivos dos Estados Unidos.

Os exames preventivos para câncer de ovário incluem exames de sangue e ultrassonografia, em busca dos chamados biomarcadores, moléculas que estariam vinculadas ao câncer.

Falsos positivos

Contudo, segundo os especialistas, o que resulta desses exames desnecessários é um grande número de falsos positivos, impondo às mulheres um impacto real e negativo imediato.

Nos piores casos, de posse dos exames, os médicos partem para intervenções cirúrgicas desnecessárias, e com uma elevada taxa de complicações, afirmam eles.

"Não existe um método eficaz de detecção do câncer de ovário que permita reduzir a mortalidade," afirmou a Dra Virginia Moyer, presidente do grupo de trabalho, em entrevista ao jornal The New York Times.

A recomendação vale para mulheres saudáveis e que não possuam sintomas do câncer de ovário, bem como de algumas mutações genéticas (BRCA1 e BRCA2) que aumentam o risco da doença.

Onda

O resultado representa mais um forte impacto contra a onda de exames preventivos do câncer.

Grupos de especialistas independentes já descartaram o exame preventivo de PSA para detectar câncer de próstata e a realização mamogramas preventivos em mulheres abaixo dos 50 anos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde da Mulher

Prevenção

Câncer

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.