Descoberto fator essencial para se desfrutar o momento presente

Tempo escasso

Todo o mundo sabe que quando uma coisa se torna escassa, seu preço sobe. E este conceito não se aplica apenas a bens materiais - o tempo, por exemplo, pode ser um bem extremamente valioso, principalmente quando ele se torna escasso.

De acordo com uma nova pesquisa, pensar que temos uma quantidade limitada de tempo para participar de uma atividade leva-nos a apreciar a atividade muito mais e nos motiva a dar o melhor de nós mesmos ao realizá-la.

O psicólogo Jaime L. Kurtz, do Pomona College investigou como nosso comportamento e nossas atitudes com relação a uma atividade mudam quando resta um tempo limitado para participarmos dela.

Aproveitando o tempo restante

O estudo envolveu um grupo de estudantes seis semanas antes do término do seu curso. Cada dia, durante duas semanas, os estudantes escreveram sobre suas experiências na faculdade, incluindo as atividades nas quais eles participaram.

O experimento foi projetado de forma que alguns estudantes eram levados a pensar na sua formatura como se ela estivesse ainda distante no tempo, enquanto outro grupo foi levado a pensar na graduação como um evento muito próximo.

Os resultados, publicados na revista Psychological Science, revelam que o comportamento dos estudantes foi influenciado pela maneira como a época da formatura era pensada - se ela estava muito próxima ou se seria um evento distante no tempo.

Os estudantes que pensaram a graduação como um evento próximo participaram muito mais das atividades da faculdade do que o outro grupo. O professor Kurtz teoriza que, quando defrontados com o fim iminente do curso, os estudantes ficaram mais motivados a aproveitar o tempo que lhes restava na faculdade e participaram de tantos eventos quanto foi possível.

Melhorando a experiência do presente

O pesquisador também nota que, embora possa parecer contra-intuitivo, essas descobertas suportam a idéia de que "pensar sobre o término futuro de uma experiência pode melhorar a experiência presente."

Além disso, Kurtz sugere que a noção de que as experiências são breves e passageiras melhora a sensação no seu desfrute ao criar uma motivação do tipo "é agora ou nunca."


Ver mais notícias sobre os temas:

Bem-estar emocional

Ansiedade

Educação

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.