Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

16/09/2011

Feijão transgênico desenvolvido pela Embrapa é aprovado

Redação do Diário da Saúde

Biossegurança

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou o feijão transgênico desenvolvido pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

O feijão, do tipo carioquinha, é um organismo geneticamente modificado para se tornar resistente ao mosaico dourado, uma doença que deforma as vagens e grãos e causa o "abortamento das flores", diminuindo a produtividade da lavoura.

Há inúmeros questionamentos e dúvidas sobre a segurança dos organismos geneticamente modificados sobre a saúde humana, a chamada biossegurança.

A própria aprovação pela CTNBio não foi unânime: foram 15 votos a favor, 2 abstenções e 5 votos para que o assunto fosse melhor discutido.

Transgênico nacional

Com a aprovação, o feijão transgênico agora irá para análise do Ministério da Agricultura, quando as sementes transgênicas serão multiplicadas e selecionadas as variedades que poderão ser comercializadas.

A expectativa é que esse processo leve cerca de três anos, quando então o feijão transgênico chegará ao consumidor.

A Embrapa trabalha no desenvolvimento do feijão transgênico desde o ano 2000, sendo esta a primeira planta transgênica totalmente produzida por instituições públicas de pesquisa brasileiras.

Vacina para plantas

Segundo Francisco Aragão, um dos responsáveis pela pesquisa, a modificação genética desenvolvida se assemelha a uma vacinação da planta.

"Existe uma autoproteção da planta, como se fossem anticorpos. Quando o mosquito pica a planta e o vírus entra na célula, essa proteção entra em ação para repelir o vírus. O que fizemos foi uma antecipação a esse fato. Fornecemos ao feijão essa resistência antes mesmo de a planta ser picada," explicou.

Segundo ele, com a técnica de modificação genética utilizada, não há produção de novas proteínas na planta, o que eliminaria o risco de alergenicidade e toxidez.

Para chegar à variedade resistente, foram feitos inúmeros cruzamentos, que geraram 22 linhagens. Dessas, duas se mostraram resistentes à praga.


Ver mais notícias sobre os temas:

Alimentação e Nutrição

Conservação de Alimentos

Genética

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?