Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

14/02/2012

Fotos digitais podem colocar crianças em risco

Redação do Diário da Saúde
Fotos digitais com geolocalização podem colocar crianças em risco
As informações de geolocalização embutidas nas fotos permitem a identificação do local exato, incluindo endereço e CEP. [Imagem: Wikipedia]

Fotos com CEP

Ao comprar máquinas digitais mais sofisticadas, os pais podem estar expondo seus filhos a riscos.

O alerta é de cientistas da Universidade de Worcester, no Reino Unido.

Joanne Kuzma e seus colegas analisaram fotos postadas despreocupadamente na internet, mas que trazem em seus arquivos informações capazes de dar o endereço exato da criança e de seus pais.

E, junto com as imagens, descobriram informações valiosas para intrusos.

Geolocalização

Joanne pegou aleatoriamente fotos do site Flickr que mostram claramente rostos de crianças, o suficiente para que um estranho soubesse reconhecê-las se as visse face-a-face.

Ela descobriu que uma proporção significativa dessas fotos traz gravada no arquivo o código postal - o CEP no Brasil, nos EUA chamado de ZIP - da residência da família.

Isto ocorre porque muitas máquinas digitais possuem embutida uma função comumente chamada de geotag, ou etiquetagem geográfica, ou geolocalização.

Quando uma foto é batida, a câmera grava automaticamente no arquivo os dados do GPS embutido no equipamento, os chamados metadados de identificação geográfica.

O objetivo é facilitar para o usuário o registro da localização de cada local fotografado.

Mas o que a pesquisadora descobriu é que, ao tornar as imagens públicas, em um site que qualquer pessoa pode visitar, os pais se expõem e expõem a criança a riscos.

Privacidade e segurança

O problema é mais grave porque a maioria das fotos de crianças são tiradas em casa ou nas proximidades da residência.

Mas mesmo fotos tiradas em outros locais podem dar informações sobre os hábitos e os lugares frequentados pela família.

"Publicar dados de geolocalização levanta preocupações sobre privacidade e segurança das crianças quando estas informações são disponibilizadas para usuários da internet que possam ter razões dúbias para acessar esses dados," diz ela.

Em sua pesquisa, por exemplo, Joanne identificou fotos contendo 50 CEP dos endereços residenciais mais caros dos EUA, uma verdadeira lista de alvos potenciais para sequestradores, afirma ela.

Todas as imagens podem ser facilmente sobrepostas a um mapa de determinada área, mostrando a localização de cada criança.

A orientação da pesquisadora é simples: desabilite a função de geolocalização de sua câmera se você não precisar dessas informações


Ver mais notícias sobre os temas:

Cuidados com a Família

Violência

Diversão

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?