Inovação Tecnológica em saúde receberá R$ 8,3 bilhões

O governo federal lançou o programa Inova Saúde, voltado para a cadeia produtiva do setor, com foco no desenvolvimento tecnológico.

O plano inclui apoio financeiro à inovação tecnológica na área de saúde, compras governamentais de medicamentos, melhorias na infraestrutura dos laboratórios e redução no tempo de registro de novos remédios.

Até agora já foram firmadas oito parcerias entre laboratórios públicos e privados para a produção de medicamentos e equipamentos, o que deve gerar uma economia de R$ 354 milhões para os cofres públicos no prazo de cinco anos.

As empresas do setor deverão contar também com créditos e subvenções econômicas voltadas para atividades de inovação no valor de R$ 7 bilhões. A infraestrutura de laboratórios públicos deverá receber R$ 1,3 bilhão - totalizando um investimento de R$ 8,3 bilhões.

O Ministro Marco Antonio Raupp, da Ciência, Tecnologia e Inovação, declarou que há uma urgência para estimular esse setor estratégico no Brasil e elogiou a reação dos representantes da indústria farmacêutica sobre as medidas.

"Nós hoje temos um empresariado que compreende que sem inovação não haverá competitividade. Com o Inova Empresa é hora de dizer 'agora é mãos à obra'", disse.

O Inova Saúde é um dos programas que compõem o plano Inova Empresa, lançado em março pelo governo federal.


Ver mais notícias sobre os temas:

Gestão em Saúde

Desenvolvimento de Medicamentos

Equipamentos Médicos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.