Tipo específico de malária apresenta resistência a medicamentos

Avanços e retrocessos

A exemplo do que vem sendo alertado por especialistas nos últimos anos, um novo estudo demonstrou que o mosquito transmissor da malária na África apresenta resistência aos medicamentos disponíveis contra a doença.

No início deste ano, a comunidade científica comemorou um feito inédito, a possibilidade de sintetizar em larga escala o melhor medicamento contra a malária.

Isto significa que será possível brevemente oferecer a medicação, a preços razoáveis, para todos os 225 milhões de pacientes que sofrem de malária em todo o mundo.

Arteméter

Agora, porém, um estudo publicado na revista Malaria Journal documentou, em testes de laboratório, que o parasita Plasmodium falciparum está adquirindo resistência ao arteméter, um medicamento utilizado no combate à malária.

A causa mais provável da resistência ao medicamento são mutações genéticas no parasita, embora este estudo agora publicado não tenha estudado este aspecto.

A resistência cobre um tipo específico de malária, mais comum na África.

Também será necessário analisar o alcance dessa resistência, ou seja, quais as regiões estão sujeitas as estas eventuais alterações genéticas.

Doença negligenciada

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 655 mil pessoas morreram em 2010 por malária, que é a quinta principal causa de morte nos países subdesenvolvidos.

A brasileira Fiocruz é uma das entidades mais ativas no mundo em busca de alternativas de tratamento para a malária, sobretudo de uma vacina.


Ver mais notícias sobre os temas:

Epidemias

Medicamentos

Medicamentos Naturais

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.