Metade das gestantes tem problemas bucais

Gravidez e saúde bucal

Levantamento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde com duas mil pacientes do Hospital Maternidade Interlagos aponta que metade dessas mulheres apresentam problemas bucais, como gengivite, cáries e infecções.

Apesar de essencial para a saúde de mãe e bebê, muitas gestantes deixam de lado a visita regular ao dentista no período de gestação. A iniciativa, além de prejudicar a saúde da futura mamãe, pode ser decisiva para a vida do bebê. O que poucas mulheres sabem é que problemas bucais durante a gestação podem ser determinantes para o nascimento prematuro da criança.

Prejuízos para mãe e filho

"A gestante pode se prejudicar ou prejudicar a criança não indo ao dentista durante a gestação. A alteração dos hormônios no período gestacional aumenta a mobilidade dentária, causa alterações salivares, aumento de bactérias e problemas gengivais, por isso é muito importante que elas procurem um dentista", afirma Francisco Barata Ribeiro, dentista do hospital.

Na maternidade, todas as pacientes internadas ou em pré-natal recebem atendimento odontológico. O hospital possui até um consultório portátil para as pacientes que não podem sair do leito para realizar o tratamento.

O Hospital e Maternidade Interlagos fica na rua Leonor Alvim, 2.111, em Interlagos, zona sul da capital.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Bucal

Gravidez

Cuidados com o Recém-nascido

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.