Nativos digitais: só 30% dos jovens usam internet

De acordo com um mito muito comum, os jovens de hoje vivem grudados à Internet.

Mas, na verdade, apenas 30% da população jovem do mundo, entre as idades de 15 e 24 anos, tem estado ativamente conectada nos últimos cinco anos.

Na Coreia do Sul o mito é praticamente verdade, com 99,6% dos jovens ativos online - o maior percentual do mundo.

Os menos conectados são os jovens do Timor Leste, com menos de 1%.

O Brasil, com 10,8% da população jovem plugada, aparece em 37º lugar.

O levantamento foi feito por pesquisadores do Instituto de Tecnologia da Geórgia (EUA), a pedido da União Internacional de Telecomunicações (UIT).

Nativos digitais: só 30% dos jovens usam internet
Nativos digitais como percentual da população.
[Imagem: Gatech]

Nativos digitais

Esta é a primeira tentativa de mensurar o mundo dos chamados "nativos digitais".

Nativas digitais são as pessoas nascidas na época do surgimento do computador pessoal em diante, e que têm passado suas vidas intimamente ligadas à tecnologia.

Quase 96% dessa geração século XXI nos EUA são nativos digitais - o país está na 6ª posição. Esse número fica atrás do Japão (99,5%) e de vários países europeus, incluindo a Finlândia, a Dinamarca e a Holanda.

Mas o percentual que o professor Michael Best, um dos realizadores do trabalho, acha que é o mais importante é o número de nativos digitais em comparação com a população total de um país.

"Isso porque o futuro de um país será definido pelos jovens de hoje e pela tecnologia," diz Best. "Os países com uma alta proporção de jovens que já estão online estão posicionados para definir e liderar a era digital de amanhã."

A grande surpresa da lista é a Malásia, um país de renda média com uma das maiores proporções de nativos digitais - o país está em 4º lugar no ranking, com 13,4%. A Malásia tem um forte histórico de investir em tecnologia educacional.

A parte inferior da lista consiste inteiramente de países africanos ou asiáticos, muitos dos quais são zonas de conflito ou contam com disponibilidade de Internet muito pequena.


Ver mais notícias sobre os temas:

Educação

Softwares

Relacionamentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.