Novas evidências de dependência do Diazepam: efeitos no cérebro na primeira dose

Dependência na primeira dose

Geralmente imagina-se que a dependência de medicamentos e drogas se desenvolva ao longo de um período de tempo relativamente longo. O processo envolve alterações tanto estruturais quanto funcionais nas células nervosas do cérebro que ainda não são bem compreendidas pela ciência.

Entretanto, uma única dose de medicamento ou álcool é suficiente para gerar um estágio inicial de vício. Uma recente pesquisa feita pela Academy of Finland Research Programme on Neuroscience (NEURO) descobriu o mesmo fenômeno em uma dosagem do diazepam. No Brasil o medicamento é comercializado pela Roche com o nome Valium ®.

Dependência de antidepressivos

Os benzodiazepínicos são medicamentos de alta eficácia que são largamente utilizados no tratamento da ansiedade, insônia, dores, ataques de pânico e outros sintomas. Entretanto, ao longo do tempo, os pacientes podem desenvolver uma crescente tolerância a esses medicamentos e a uma dependência danosa à saúde.

"Até agora, a dependência dos benzodiazepínicos vinha sendo explicada com referências a reforços negativos e não a reforços positivos. Em outras palavras, a idéia até agora é que a razão pela qual as pessoas continuam a usar o medicamento é que ele ajuda a aliviar os sintomas que retornam e o desconforto geral, em vez de continuarem a usar porque ele fornece uma sensação de prazer," diz o professor Esa Korpi, responsável pela pesquisa na Universidade de Helsinki.

Prazer perigoso

Entretanto, de acordo com as últimas pesquisas, há indícios de que o diazepam cause uma alteração nas células de dopamina do cérebro indutoras de prazer similar a uma dose de álcool, morfina, anfetamina ou cocaína.

Além disso, a transmissão de mensagens neurais nas células de dopamina é reforçada por até 72 horas depois da ingestão do diazepam. "Nossos estudos mostraram que o diazepam também afeta o sistema dopamínico, que acrescenta um mecanismo de reforço positivo de apreensão de prazer à teoria da dependência dos benzodiazepínicos," explica Korpi.


Ver mais notícias sobre os temas:

Drogas Lícitas

Vícios

Medicamentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.