Pessoas se comunicam por rajadas de informação

Pessoas se comunicam por rajadas de informação
Parece haver um comportamento universal no qual o "default" é o silêncio, em que não há comunicação, seguido por intervalos curtos de comunicação, as tais rajadas.
[Imagem: UC3M]

Explosões comunicativas

Não importa se você tem a fala mansa ou um jeitão apressado de falar.

Segundo os cientistas, as pessoas se comunicam em rajadas.

Com isto, o nosso comportamento - tanto na comunicação como em outras atividades - não acontece de forma homogênea ao longo do tempo.

Em vez disso, parece haver um comportamento universal no qual o "default" é o silêncio, em que não há comunicação, seguido por intervalos curtos de comunicação, as tais rajadas.

Rajadas momentâneas de informação

O efeito das explosões de comunicação é que elas tornam mais lenta a difusão da informação, uma vez que os grandes períodos de inatividade na comunicação entre duas pessoas tornam menos provável que a informação seja passada de uma para a outra.

"Este aspecto da atividade humana, que também foi observado em outras atividades, como trocas de e-mail, visitas às páginas da web e operações do mercado de ações, governa a comunicação entre as pessoas," concluíram os pesquisadores.

O estudo também destaca outro aspecto importante da comunicação humana: nas conversas em grupo, embora também sejam produzidas as rajadas, estas explosões acontecem ao mesmo tempo entre os membros do grupo social, o que então acelera a difusão de informações dentro do grupo - o que explicaria a tendência de todos terem algo a falar tão logo alguém abre a boca.

Para chegar a essas conclusões, os cientistas analisaram cerca de 9.000 milhões de conversas ao longo de quase um ano.

Quando, quanto, e como eu me comunico

O principal objetivo da pesquisa era tentar compreender o padrão temporal de comunicação entre pessoas em uma rede social.

Os cientistas queriam ver se as relações em uma rede social podem ser melhor quantificadas, isto é, determinar se o ritmo de comunicação entre duas pessoas nos permite concluir alguma coisa sobre a "força" ou a característica do relacionamento (familiar, conhecido, amigo, colega, etc.);

Eles também queriam estudar o impacto desses ritmos na propagação de informações em redes sociais, em processos como marketing viral, recomendações de produtos etc.

"Isso é algo muito importante nos processos tais como a difusão de informações comerciais, marketing viral e as tendências de mercado de produtos, mas também em situações como a disseminação de boatos, opiniões, política etc," explicou um dos autores da pesquisa, Esteban Moro, da Universidad Carlos III de Madrid, na Espanha.

A conclusão? Descubra o estopim que gera a explosão de comunicação entre as pessoas. Mas isso vai exigir outra pesquisa.


Ver mais notícias sobre os temas:

Relacionamentos

Educação

Emoções

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.